O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

As minhas reformas estruturais!

Um leitor, infelizmente sob a forma anónima, desafiou-me neste blog fazendo crer que  só trato de "filosofias, culturas exóticas" e que deixo de fora as principais fileiras da agricultura. Se este leitor estiver atento a este blog verificará que defendo reformas estruturais para a agricultura portuguesa: melhorias no acesso à terra para levar a que explorações agrícolas cheguem ás economias de escala da respetiva atividade, isto conseguir-se-á através de um banco público de terras, crédito tipo habitação para a agricultura, cadastro das propriedades junto da declaração de IRS ao longo de 2 anos, fim das heranças indivisas ao fim de 2 anos, com o Estado a fazer hasta pública dos prédios e a entregar aos herdeiros o resultado da venda deduzidos os impostos, tramitação pelo ministério da agricultura de todos os processos que tramita dentro dos prazos legais etc. etc. E o leitor o que defende? Caro amigo, o que pode ajudar na mudança, para melhor, nas agriculturas de Portugal? 

Sem comentários: