O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quinta-feira, 29 de março de 2012

Crédito Bancário

ALI,  participante neste blogue, escreveu o seguinte:
 
"Bom dia Eng. Estive presente neste Workshop, felizmente logo na segunda fila, e acompanhei com bastante interesse a sua intervenção e o seu ponto de vista no que diz respeito principalmente ao papel da banca em conceder empréstimos aos agricultores.

Sobre este workshop deixo aqui duas notas:

1 - A banca tem que mudar as regras! Estou convencido que a banca é um sector que prima por procedimentos que não se enquadram na realidade dos investidores e empreendedores na agricultura. Em suma, é necessário mobilizar as pessoas para se alterarem as regras. Somos nós que pagamos à banca!

2- Alguem que se queira instalar na agriculuta como eu, apesar de ser de uma área completamente distinta, estou a elaborar um projecto a mais de 1 ano na area da hidroponia com objectivo de exportação (85% para o norte da Europa), vou ter que recorrer À banca para me financiar o restante que o proder não financia (o IVA e o valor restante que ultrapasse os 75000 euros). Ora, o que me apercebo é que nao existem critérios especificos para quem quer investir na agricultura! existe para quem quer comprar uma casa, um carro, um credito pessoal, agora porque nao existe um credito com condições especificas para a area da agricultura?

3 - este protocolo deveria tambem incluir um periodo de carencia de acordo com cada fileira.

Por ultimo gostaria de deixar uma nota sobre este tema: penso que a maior dificuldade para alguem que ja tem um projecto elaborado e uma ideia definida, uma estratégia e um rumo, é o facto de conseguir arranjar meios que financiem o seu projecto. Isto é, os meios financeiros que são necessários para alem do que a proder consegue cobrir.

Não podia deixar de, neste meu primeiro comentário ao seu blogue, de felicita-lo pelo seu excelente trabalho, e acima de tudo pela sua atitude extraodinária no que diz respeito à "revolta" com que o actual sistema esta montado. É importante criarmos uma corrente para podermos alterar as regras.

Grato pela sua atenção, e espero recorrer à Espaço Visual em breve.

Cumprimentos:
Ali"
Comentários:
1 - Agradeço a mais valia de expor as suas ideias neste blogue.
2 - Tenho a certeza que iremos fazer uma onda de portugueses com massa critica para mudar a política do crédito á agricultura, pois iremos transformá-la numa atividade económica com peso e dimensão de que todos os portugueses se irão orgulhar.
3 - Concordo com as suas ideias relativas ao apoio financeiro aos investimento e crédito á atividade agrícola. 
4 - Dentro de pouco tempo irei dar notícias neste blogue sobre as iniciativas que irei tomar para forçar a conretização da mudança no apoio bancário à agricultura.  

Sem comentários: