domingo, 27 de Maio de 2012

Ajudas ProDeR para Jovens Agricultores em Pequenos Frutos

 Paulo Teixeira disse...

"Muito obrigado por este espaço! Dou-lhe os meus parabéns! Aproveito para lhe questionar o seguinte: não tenho qualquer formação a nível agrícola mas tenho em mente um projeto de plantação de frutos vermelhos no zona de braga. em conversa com pesoas da área da agrícultura disseram-me que para concorrer ao proder eu teria que estar registado como agricultor para levar o meu projeto avante...ora achei isto muito estranho. outra questão...onde ou a quem é que posso recorrer para retirar as minhas dúvidas acerca da viabilidade da plantação que quero fazer e se os terrenos que tenho servem para essa plantação. obrigado pela ajuda."

Comentários:

1 - Não tendo formação e experiência agrícola recomendo que contate a eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (sonia.moreira@espaco-visual.pt; 917 075 852), a qual lhe informará sobre os estágios de pequenos frutos, bem como os valores dos honorários da consultoria sobre ajudas à instalação de jovens agricultores através da ação 1.1.3 do ProDeR, incluindo eclarecimento de dúvidas, rentabilidade das atividades e visita de avaliação de aptidão do terreno que possui e elaboração de projeto.

2 - Estando aprovado o seu projeto, terá de dar inicio de atividade nas finanças na agrícultura como empresário em nome individual ou empresa unipessoal.

3 - Defendo que a agricultura tal como todas as atividades económicas rentáveis devem pagar impostos. Para tal deve existir uma política coerente que garanta as dimensões de exploração dentro das economias de escala das atividades (dimensão da exploração que leva ao menor custo fixo), a distribuição equilibrada da riqueza ao longo das fileiras, tendo como objetivo último a sustentabilidade económica e financeira dos seus empresários/empresas. ~

4 - Se pesquisar neste blog tem alguma informação sobre os pequenos frutos (exemplo: "mirtilo a árvore das patacas"

1 comentário:

Miguel Gomes disse...

Boa noite!

Já agora aproveito para perguntar: uma pessoa que dê início à sua atividade como agricultor agora (com respetivo registo nas finanças, mas sem apoios comunitários) pode candidatar-se às ajudas à instalação de jovens agricultores no próximo Quadro, em 2014?

Agradeço, desde já, o esclarecimento.