O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Elegibilidade de trator no ProDeR

Respondo a uma consulta colocada por um anónimo (espero que se identifique da próxima vez porque se ler este blog constatará que não gosto deste tipo de leitores)

Anónimo disse...
Ola boa tarde tenho visto o seu blogue e tenho verificado que as suas explicações são bastante elucidativas.
O meu caso e o seguinte, estou a pensar fazer um projecto de jovem agricultor numa terra minha que tem 14 ha de terra limpa de barro e 4 de olival, na terra limpa estou a pensar fazer um Pivô que irá regar cerca de 10 ha desses 14, os cantos n sei o que lhe irei fazer, quanto ao olival vou arrancá-lo.
Tenho uma pequena dúvida no que fazer na parte onde vou arrancar o olival e se devo montar la um sistema de rega e que sistema montar. Estou também a pensar meter no projecto um tractor de 95 cavalos e um chiesel, a única duvida e receio que tenho
é que achem que o não se justifica o investimento no tractor devido a a ser pouca terra. gostaria que se pudesse me esclarece-se.
Desde já os meus cumprimentos e parabéns pelo blogue, Boa Tarde."
Comentários:
1 -  Não conheço os solos, clima, topografia, etc da sua exploração agrícola, bem como a cultura principal que irá explorar, para poder arriscar dar-lhe um conselho com alguma fiabilidade. Felizmente ou infelizmente nós os agrónomos, tal como os médicos, para fazermos diagnósticos temos que "ver o doente"/"pisar a terra".
2 -  A empresa que elaborar o projeto indicar-lhe-á se este é rentável com todos os investimentos que pretende realizar. Caso  não seja rentável, chegarão, proponente e empresa projetista, a uma solução que o optimize reduzindo os investimentos.
3 - Elegibilidade do trator: irá depender da necessidade em tracção da cultura principal (possuir coerência técnica) e da rentabilidade deste investimento (deter coerência económica) 

Sem comentários: