O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sábado, 5 de maio de 2012

Hidroponia

BloggerJPedro disse...

"Boa tarde Eng. José Martinho.

Antes de mais gostaria de felicitá-lo pelo seu blog e pelos seus conteúdos, o qual descobri à relativamente pouco tempo e que agora acompanho frequentemente com entusiasmo.

O meu nome é João Pedro, sou da região do Ribatejo, mais propriamente de Santarém. Após muito pesquisar na internet encontrei o seu blogue e resolvi enviar-lhe um email para saber se me pode esclarecer algumas dúvidas que tenho em relação a um investimento que gostaria muito de concretizar: a Hidroponia.

Primeiro que tudo tenho que lhe dizer, que apesar de ter familiares que são ou foram agricultores, a minha experiência na agricultura é minima, pois o curso que estou a tirar (marketing) pouco ou nada tem a ver com este sector. Ao aperceber-me (talvez já tarde) que a minha formação nao me trará grandes expectativas no futuro, e ao aperceber-me que poderá existir uma janela de oportunidade na agricultura, decidi procurar e informar-me, e foi aí que descobri a hidroponia, área que despertou bastante o meu interesse.

Antes de mais gostaria de perguntar se é possível sem experiência agrícola enveredar neste ramo?Muito tentei pesquisar acerca deste assunto para saber se existiam cursos especificos para hidroponia, ou algum tipo de estágio para quem queira entrar neste sector da agricultura mas nenhuma informação consegui obter. No fundo que conselho me daria tendo em conta a minha experiência?

Outra pergunta é se o Sr. Eng. tem alguma ideia se na minha zona é exequivel avançar para este projecto? pela informação que fui obtendo penso que a alface será a produção que melhor se enquadra na minha zona mas muitas duvidas tenho em relação a este assunto. Investimento?necessidade de mão de obra?escoamento?rentabilidade?produtividade?

Por fim gostaria também de saber se neste momento é possível aceder ao crédito para iniciar este projecto e se existe algum tipo de apoios/subsídios para me iniciar nele. Se o projecto fosse para a frente seria feita uma sociedade comercial entre mim e outra pessoa também estudante.

Desculpe a minha ingenuidade ao fazer tantas perguntas, mas este era um projecto que se fosse possivel gostaria muito de arriscar, apenas não sei se este é um caminho possível ou se nao passará de uma utopia. Sei que a minha falta de experiência na agricultura pode constituir um grande entrave, mas a minha vontade de arrancar com este projecto é muita.


Terminando, peço-lhe desculpa por um texto tao longo, e agradeço-lhe desde já a disponibilidade de o ler e de me poder aconselhar.



Cumprimentos

João Pedro"

Comentários:

1 - Gostaria que os meus leitores anotassem que o meu apelido é "Martino" em lugar de "Martinho". Agradeço a atenção.

2 - Quem pretenda obter resposta às suas questões deve colocá-las neste  blog em lugar de e-mail porque no blog há uma rentabilização do tempo que emprego a elaborar uma resposta porque cada uma serve portencialmente para milhares de outros interessados. Quem pretender uma resposta própria e pessoal deve contatar a eng, Sónia Moreira da Espaço Visual (sonia.moreira@espaco-visual.pt; 917 075 852) que esta indicará os valores de honrários dos diversos tipos de consulta.

3 -  Se pesquisar neste blog encontrará posts sobre a estratégia que os jovens agricultores devem aplicar para se instalarem  com sucesso na agricultura, bem como os apoios públicos que podem obter através do ProDeR.

4 - Hidroponia: podem obter experiência através dos fornecedores dos equipamentos e pela Organização de Produtores onde irá colocar as suas produções. Parece-me uma tecnologia muito interesante, rentável e de futuro

5 - Atividades hidroponicas com interesse para a região do Ribatejo: hortícolas e pequenos frutos. A minha sugestão é que contate o Sr. Carlos Ferreira da Hortomelão (hortícolas) e Torriba e Lusomorango (pequenos frutos). Obtenha informação sobre as produções que têm interesse em comercializar, respetivos custos de investimento e exploração, bem como rendimento esperado.

6 -  Conseguirá obter apoio ao investimento através do crédito bancário se tiver experiência própria ou de familaires no relacionamento bancário ou será praticamente impossivel ter apoio da banca.

7 - Não entendo porque fazem sociedades entre dois jovens com potencial para se instalarem como jovens agricultores quando têm limitações financeiras e podem maximizar  as ajudas do ProDeR com várias candidaturas, obtendo cada uma até 30 000 euros de prémio de 1.ª instalação e subsídio ao investimento (60% ou 50% para regiões desfavorecidas ou favorecidas, respetivamente).

8 - A sua ideia irá ser uma utopia ou um projeto rentável de vida, de acordo com a sua menor ou maior determinação em querer implementá-lo. Monte a operação como se não tivesse limitações financeiras, isto é, faça um plano de negócios rigoroso (existem modelos na net) porque a minha experiência de trabalho em projetos diz-me que nunca nenhum bom projeto deixou de encontrar financiamento. Por outro lado, com o plano de negócios concluido, pode depois montar a estratégia implementando-o por fases   

Sem comentários: