O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sexta-feira, 11 de maio de 2012

Instalação de Jovem Agricultor em Exploração Familiar




"Anónimo disse... Boa tarde.
Os meus pais são criadores de raça barrosã, e fazem cultura de milho, batata e centeio.
Há já algum tempo que penso em dar seguimento a estes trabalhos.
Eu poderia meter um projeto de jovem agricultor explorando as terras e os animais deles?

Obrigada"


Comentários:

1 - Parece-me muito sensato e avisado que queira continuar com a exploração dos seus pais, modernizando-a e melhorando a sua rentabilidade, pois terá a experiência e o saber necessários para avaliar com pormenor quanto vale e que riqueza pode gerar esse negócio agrícola.

2 - Tem que fazer uma análise profunda à exploração, técnica e economica, verificando pormenor a pormenor o que está bem e não necessita ser mudado, bem como aquilo que está mal e que implica fazer de novo, modernizar e melhorar. Irá verificar, por exemplo, a coerência entre as atividades criação de animais de carne da raça barrosã e a cultura da batata. Tenha em atenção que a sua exploração agrícola deve ter a dimensão que lhe permita sustentar a sua família.

3 - Após essa análise chegaria ao valor dos investimentos necessários, rendimentos e custos de exploração, concluindo-se do seu interesse e rentabilidade.

4 - Sendo rentável o projeto, poderia apresentá-lo ao ProDeR explorando as terras e os animais dos seus pais, eventualmente junto com outras terras cedidas ou arrendadas ou outros animais seus que poderá adquirir no futuro.
5 - Obterá um prémio de 1.ª instalação até 30 000 euros (40% do valor do investimento do plano empresarial: despesas elegiveis (aceites pelo ProDeR) + despesas de aquisição de animais + custos de aquisição de prédios rústicos e terrenos + participações sociais em cooperativas ou outras formas de organização de produtores + custos com direitos de produção agrícola). Serã apoiados com 50% ou 60% os investimentos, conforme cada pacela se situe em região favorecida ou desfavorecida respetivamente, para os seguintes tipos de investimentos:



- Edifícios — melhoramento, construções, aquisição, incluindo a locação
financeira; Instalação de pastagens biodiversas — nomeadamente operações de regularização
e preparação do solo, desmatação e consolidação do terreno; processos de certificação reconhecidos.
- Despesas gerais — nomeadamente, elaboração e acompanhamento
do plano empresarial, estudos técnico -económicos,
honorários de arquitectos, engenheiros e consultores, aquisição
de patentes, licenças e seguros de construção e de incêndio, até
5 % do custo total das restantes despesas elegíveis, com excepção
das relativas à aquisição de prédios rústicos.
- Máquinas e equipamentos — compra ou locação -compra de novas.
- Investimentos associados ao cumprimento de normas ambientais, de higiene
e de bem -estar animal.
 — Contribuições em espécie — desde que se refiram ao fornecimento de
equipamento ou de trabalho voluntário não remunerado.


     



Sem comentários: