O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


domingo, 21 de dezembro de 2014

Continuo com algumas dúvidas, e gostava de saber a sua opinião pessoal.


 
"Bom dia eng Martino, Antes de mais deixe-me agradecer novamente as orientações que me deu há umas semanas atrás, foram muito úteis. Tenho neste momento o processo a ser elaborado pela Espaço Visual, mas continuo com algumas dúvidas, e gostava de saber a sua opinião pessoal. O meu projecto vai assentar num terreno com 3ha na zona de Famalicão. Inicialmente tinha previsto plantar apenas mirtilo, mas após várias visitas a outras empresas, fiquei com a ideia de não apostar unicamente numa cultura, numa perspectiva de distribuir os riscos e apostar numa colheita mais alargada. Nesse sentido: - Acha que o mercado está a ficar "inundado" de mirtilo ou ainda tem margem para crescer? - Acha que plantar 1ha de framboesas é um bom complemento para os 2ha de mirtilo? - Para um terreno destas dimensões, há outra opção viável? Claro que isto acarreta outros custos, nomeadamente na formação relativa a mais do que uma cultura, mas também poderá trazer outros benefícios. Agradeço a resposta".
 
Comentários:
1 - Acho que o mercado dos mirtilos tem muito potencial pois eu próprio estou à procura de terrenos para implantar até 40 hectares de mirtilo porque o seu consumo ultrapassa o conceito de fruto, acompanha as refeições, funciona como snack entre as refeições, dispõe bem, é consumido de forma voluntária por crianças de 2 anos desde que consiga que elas os provem.
 
2 - Os riscos que podem aparecer são semelhantes aos que sofreu o kiwi nas décadas de 80 e 90 do século passado, instabilidade de preços de mercado devido a ajustamentos entre a oferta e a procura porque o mercado estava a crescer e a comercialização não se encontrava organizada. Por outro lado, muitos dos produtores implantaram mal, cuidaram mal e tinham preços de produção elevados face ao preço de mercado.
 
3 - Na minha opinião se optar pelas framboesas deve começar com 1 hectare e no mesmo local deve ter a possibilidade dentro de 2-4 anos, chegar aos 4-5 hectares. É um erro ter 1 hectare único de framboesas sem poder crescer no mesmo local para tirar partido da equipa da mão de obra, infraestrutura da rega e fertirrigação, armazém, etc.
 
4 -  Com 3 hectares de exploração optaria exclusivamente pelos mirtilos.
 
5 - No futuro, creio que quando aparecerem novas variedades de amoras, com sabor e poder de conservação frigorífica, esta cultura será uma atividade com muito interesse como alternativa aos outros pequenos frutos.
 
6 - Faça uma visita de estudo à Bioberço e pode recolher in loco a experiência das limitações decorrentes das multiactividades numa micro exploração de pequenos frutos.        

Sem comentários: