O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Acho imprescindível o conselho de uma pessoa com a sua experiência.

"Muito boa tarde sr. engº José Martino

Antes de mais gostaria de lhe dar os parabéns pelo seu blog. Pois ajuda bastante a jovens como eu.
Já trabalho a algum tempo e cada vez mais tem sido recorrente ficar desempregado, e ter de recomeçar tudo de novo, ao principio de 2 em 2 anos, agora de 6 em 6 meses... por isso decidi colocar o meu futuro nas minhas mãos e envergar pela a agricultura, nomeadamente na produção de pequenos frutos. tenho alguns terrenos sendo o maior com 2 hectares. Mas tenho algumas duvidas, como por exemplo o fruto que devo produzir, estou inclinado para a framboesa, mas gostaria saber se é viável, gostaria saber o seu conselho nestes meus primeiros passos, pois acho imprescindível o conselho de uma pessoa com a sua experiência.

Obrigado pelo seu tempo
Com os melhores Cumprimentos"


Comentários:
1 - Gostei de ler que "...decidi colocar o futuro nas minhas mãos...". Acho crucial que cada um de nós assuma as suas responsabilidades intrínsecas, o que está ao alcance de cada um e faça pela vida, pelo sucesso. 

2 - O que deve produzir em explorações de pequenas parcelas?
Teoricamente os pequenos frutos são uma excelente opção. Na prática, é preciso verificar a aptidão de solos e climas para esta atividade, a sua vocação como empreendedor e gestor, e a existência de pelo menos um canal comercial para valorização das produções.


3 - Framboesa é boa opção em hidroponia, sem solo, se tiver perfil para comandar tropas. No entanto, groselhas e mirtilos também são boas opções alternativas.

4 - Os meus conselhos para quem se vai instalar na agricultura existem em muitos posts deste blogue e dispensam novos comentários sobre este assunto.   

Sem comentários: