O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


terça-feira, 7 de junho de 2016

Engenharia agronómica é boa opção?

"Boa noite Eng. José Martino.

Desde já gostaria de referir que costumo acompanhar o seu blog, pelo que gostaria de o felicitar pelo excelente serviço que tem prestado à população com interesse na área da agricultura e afins.

O meu nome é ... e sou licenciado em Enfermagem e portanto Enfermeiro, mas desde há uns tempos para cá que estou tentado a mudar de área de profissional.

Apesar de ter pouco ou nenhum conhecimento na área, a área da agronomia sempre despertou o meu interesse, pelo que estou bastante tentado a ingressar no curso de Licenciatura em Ciências da Engenharia - Perfil de Engenharia Agronómica, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

O que gostaria de lhe pedir era a sua opinião acerca de do panorama actual do mercado de trabalho, essencialmente no norte (sou do Porto), na área da Engenharia Agronómica. Existem boas perspectivas de emprego na área? Tem noção se a taxa de desemprego é elevada? As empresas que contratam Engenheiros Agrónomos oferecem boas condições de trabalho e remunerações adequadas?

Desde já agradeço a atenção dispensada.

Com os melhores cumprimentos,"


Comentários:
1. Na minha opinião a formação em engenharia agronómica é uma excelente opção de vida para quem tenha vocação para técnico agricola.

2. No futuro próximo haverá falta de engenheiros agrónomos disponiveis para exercerem o seu trabalho por conta de outrem porque atualmente a maioria dos estudantes nas instituições de ensino superior pretendem ser empreendedores por conta própria.

3. A sua remuneração irá depender da sua competência e da sua capacidade para gerar valor na Instituição/empresa que o contratar.

Sem comentários: