O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sábado, 10 de setembro de 2016

Pés assentes na terra


http://www.agroportal.pt/a/imagens/JMartino3.gif
Artigo pulicado no AGROPORTAL em 2012.03.12
José Martino
Nas últimas semanas, tenho participado em muitas reuniões com potenciais interessados
em instalarem-se como jovens empresários agrícolas. Quase não tenho tempo livre para acorrer a todas
 as solicitações que me chegam ou à empresa de consultadoria agrónoma “Espaço Visual”, que dirijo.

Se tal me dá muito prazer e confirma que a agricultura pode ser um bom e rentável modo de via,
 também chego rapidamente à conclusão que muitos desses jovens têm dificuldades em perceber
que a agricultura é um negócio.

Um negócio pressupõe investir muito da sua vida e do seu dinheiro nele; implica correr riscos;
exige que as pessoas que o abraçam tenham características específicas – ou inatas ou que
as adquiram através de acções de formação.

Esta sensibilização devia ser feita pelos poderes públicos. Chego a ficar com a ideia que
 muita gente está a correr para a agricultura como se fosse um El Dorado, onde se facilmente
 se pode enganar a crise em segundos.
Nada de mais errado. A agricultura não é a panaceia para todos os males da crise, nem é a porta de
 saída fácil do desemprego ou das fracas expectativas de vida. Virar-se para a agricultura obriga a
muito trabalho e paciência.
Os estágios em explorações agrícolas, com duração de vários meses, são essenciais para que
o jovem conheça "os ossos de ofício" da atividade agrícola que irá abraçar. É, por isso, também,
que procuro no meu blog (josemartino.blogspot.com) fazer alguma pedagogia nesse sentido.
O blog é um instrumento de trabalho para quem quiser saber coisas práticas sobre o negócio
agrícola e uma boa bússola para quem quer fazer da agricultura o seu sustento futuro mas ainda
 não encontrou o melhor caminho.
A realidade da agricultura é muito diferente das ideias e sonhos que temos em mente. Tem sucesso
quem consegue ajustar os objetivos que sonhou, reajustando-os à medida que vai conhecendo melhor
o negócio. Cá estaremos para ajudar…



Sem comentários: