O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Seguros agrícolas contra incêndios

Boa tarde Eng. José,
Venho pelo presente solicitar a sua ajuda, isto porque tenho um jovem pomar de pereiras, mas no passado dia 15 de outubro de 2017, o mesmo foi afectado por um incêndio, onde tive aproximadamente 30% do pomar afectado. Como o pomar foi implementado com ajudas comunitárias (PRODER), agora surgem as grandes duvidas, com o pomar afectado em 30% serei penalizado por incumprimento do Plano Empresarial?

O meu Obrigado pela partilha de conhecimentos,

Comentários:
1. Na minha opinião deve repor o potencial produtivo no total afetado pelo incêndio ou até onde as ajudas públicas disponibilizadas e os capitais próprios que tenha disponíveis, o permitam.

2. Como medida cautelar recomendo a subscrição de uma apólice de seguros contra incêndios.

3. Na minha perspetiva  se conseguir demonstrar que recuperou o seu pomar até ao nível máximo conforme o indicado em 1. creio que não deverá ter penalização por parte do ProDeR.

4. Se precisar de encontrar soluções especializadas de seguros agrícolas contacte José Matos da Espaço Visual (913349429) 



  

Sem comentários: