O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sábado, 17 de março de 2018

Agricultura: fracasso ou sucesso? O que fazer?

Viva caro José,

Percebo da leitura deste blogue que consegue interpretar o que se passa na agricultura e transmitir de uma forma séria a sua opinião experiente sobre o que passa na realidade complexa do terreno na agricultura e daí atrevo-me a escrever-lhe para desencalhar o processo onde me encontro: tenho umas terras de família em ... que quero ocupar e rentabilizar, não as quero deixar abandonadas, gosto da agricultura, é um regresso bom que quero fazer, mas por outro lado sinto que a agricultura não dá dinheiro e que tenho um forte pressentimento que irei perder o que investir e pior ainda, parar a atividade dentro de poucos anos.

O que me aconselha?
Qual dos dois mundos que se debatem dentro de mim, que assaltam a minha cabeça noite e dia com o mesmo valor emotivo devo optar?
Se investir, o que me aconselha a fazer inovador para ganhar dinheiro?

Obrigado e por favor não pare de alimentar este blog que ajuda muitos na mesma situação que eu estou.


Comentários:
1. Os grandes números estatísticos sobre as agriculturas de Portugal dizem e traduzem aquilo que a maioria das pessoas sentem: as agriculturas de Portugal não dão dinheiro isto é, no seu global têm um resultado económico perto de zero, uns anos negativo, outros anos positivo, varia em função da maior ou menor subida da inflação, das melhores ou menores produtividades induzidas pelo clima, da maior ou menor taxa de variação do montante total das ajudas públicas à agricultura e dos seus prazos de pagamento.

2. O indicado em 1. quer dizer que uma grande parte, mais de 50% dos 262 000 agricultores portugueses tem resultado económico negativo, ou seja o rendimento bruto obtido não consegue fazer face aos encargos reais e atribuídos. Há alguns que conseguem ganhar dinheiro e um número relativamente mais baixo que consegue ganhar muito dinheiro.

3. A variação de resultados indicado em 2. tem a ver com a qualidade do agricultor, se este é um empresário, se tem sensibilidade, feeling e competência para a gestão, se em primeiro lugar acredita que é capaz de ganhar dinheiro na agricultura e em segundo lugar se trabalha e faz o que pode e o que não pode para concretizar o que acredita, em terceiro lugar se consegue aprender com os erros não culpando os outros pelo insucesso, pelo contrário, assumindo das falhas como suas e aprendendo de forma persistente consigo e com os outros sobre o caminho para o sucesso financeiro e económico.

4. Na minha opinião o que sente dentro de si mostra que é uma pessoa com sensibilidade para a realidade agrícola, honesto consigo mesmo e que certamente na sua vida terá mais sucessos que insucessos porque pondera previamente o que faz. O meu conselho é que deve avaliar-se a si próprio e decidir se está disposto a pagar os custos pessoais, o sacrifício interno, a dor que sentirá dentro de si para aprender os pormenores de gestão de um negócio agrícola.

5. Se a decisão ao indicado em 4. for sim, vá em frente, verifique as explorações e atividades agrícolas à volta do seu terreno têm mais sucesso e visite-as. Faça um levantamento exaustivo dos pormenores e competências daqueles que têm melhores resultados. Pesquise na internet. Elabore um plano de negócios sumário. Verifique se tem condições financeiras para se dedicar ao negócio agrícola. Contrate consultores competentes e experientes para o ajudarem (só o faça nesta parte do processo onde já tem massa crítica e pode perceber e exigir dos consultores aquilo que quer e é importante para si). Apresente candidatura aos apoios previstos nos fundos financeiros públicos de investimento. Faça estágios na atividade. Visite tudo o que puder ligado à sua atividade em   Portugal e no estrangeiro. Perceba quem é melhor nessa atividade e esteja sempre com esses, os melhores, coloque nos seus objetivos estar nesse nível ao fim de alguns anos e trabalhe todos os dias desde a fase de projeto para esse fim.

6. Seja persistente na sua ação. Seja exigente na análise crítica do seu trabalho e do seu processo, quando for necessário altere a linha de rumo, quando sentir que está certo, não mude, continue o seu caminho.

7. Para ganhar dinheiro faça o indicado em 5. e 6.       

Sem comentários: