Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2018

Espaço Visual Comemora 25 anos

Imagem
Diretor Geral do GPP é convidado da Espaço Visual Consultora comemora 25 anos com ciclo de conferências No dia 4 de maio a consultora agrícola Espaço Visual, uma das mais prestigiadas do mercado, arranca com um ciclo de conferências para comemorar os seus 25 anos de existência. Nesse dia, pelas 11h00, na sede da empresa, na zona industrial de Gondomar, o engº Eduardo Diniz, diretor geral do GPP  (Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral) será o orador convidado para falar sobre "O novo quadro comunitário e as ajudas para a agricultura portuguesa" Estas sessões, abertas ao público, irão ainda debater, outros temas da atualidade agrícola, como as perspetivas de crescimento e desenvolvimento dos agricultores portugueses nos próximos 25 anos. José Martino, CEO da Espaço Visual, afirma que a empresa tem uma responsabilidade social e de serviço público, pelo que defende uma estratégia de criação de eventos e iniciativas destinadas a não só colocar os tem…

Sonho em construir algo meu na área agrícola, por onde devo começar?

Bom dia Sr. Engenheiro José Martino.
Tenho acompanhado o seu blogue sobre o mundo da agricultura, desde há muito tempo, porque cresci num meio agrícola, já que a minha família esteve ligada agricultura. Tenho 26 anos, e sou do distrito de Braga, tenho procurado aprender sobre área da agricultura e tentando aceder a um projecto agrícola, trabalho já algum tempo mas o rendimento do meu trabalho não me deixa fazer grandes planos , mas sonho em construir algo meu na área agrícola  
O meu pai tem um terreno no distrito de Braga com aproximadamente 5 hectares, onde eu vivo.
Tenho um gosto especial pela agricultura, e gostava de dedicar algum do meu tempo a essa área, mas não sei por onde começar com quem deva falar, por isso mando este mail para indicar alguém aqui no distrito de Braga com quem possa falar e avançar com uma  candidatura a  um protejoagrícola.
Tenho duvidas sobre um projecto agrícola rentável, sobre todo o processo da candidatura a jovem agricultor, já tenho ferramentas…

Plano de Desenvolvimento do Setor Agroalimentar Baixo Tâmega

Uma equipa da Ruris em consórcio com uma equipa da UTAD elaborou o Plano de Desenvolvimento do Setor Agroalimentar Baixo Tâmega (https://aeamarante.pt/food-cluster-revolution/plano-de-desenvolvimento/) para os concelhos de Amarante, Baião, Celorico de Baste e Marco de Canaveses, e sobre o qual assenta a proposta de desenvolvimento do Food Cluster Revolution. Foi um trabalho que se iniciou a 30 Novembro de 2016 e terminou a 31 de março de 2018.

Banco de terras de Guimarães

Estão em curso as inscrições para o Banco de Terras de Guimarães, cujo prazo termina no dia 16 de abril. Esta é uma oportunidade para os proprietários de terrenos agrícolas ou florestais, que não têm vocação para os explorarem por falta de tempo ou por idade avançada, retirarem um benefício do seu terreno (renda o que equivale ao juro do capital fundiário terra que é colocado no banco). A Câmara Municipal lançou o Banco de Terras de Guimarães através da sua Incubadora de Base Rural (IBR Guimarães), como um instrumento através do qual os proprietários podem arrendar ao Município terrenos cuidados ou abandonados ou sem utilização, para que este os subarrende a empreendedores com vontade em criar o seu próprio negócio agrícola ou de base rural.
O Banco de Terras de Guimarães corporiza um conjunto de benefícios para o proprietário, na medida em que valoriza os terrenos com potencial agrícola ou florestal, com garantia de renda por parte do Município de Guimarães. Os proprietários recebem o…

Pistácio ou pistacho

Muito bom dia Sr. Martino. Antes de mais quero felicitá-lo pelos grandes projetos e ideias para Portugal. Depois de eu ter pesquisado na internet descobri o seu contacto. Eu estou na Suíça e pretendo regressar a Portugal em 2 anos, tenho 10 Hectares de terreno onde estava a pensar fazer um projeto de castanheiros. Mas agora fiquei indeciso ao ver a plantação dos pistachos. Na sua opinião qual devia seguir, pois a minha dúvida é onde depois vendo a colheita dos pistachos e por quanto o venderia ao kg. Por hectare qual seria o rendimento mais ou menos? Agradecia uma resposta sua se pudesse e peço desculpa pelo abuso. Muito obrigado Com os melhores cumprimentosComentários:1. A decisão sobre a cultura do castanheiro ou do pistácio deve ter em conta as caraterísticas de solo e clima da sua parcela, sobretudo se está em terra fria ou terra quente e água para rega que tenha disponivel.2. Pode ser sócio da Fruystach e ter assistência técnica e venda assegurada com valorizaçã…