Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2019

Pistácio - ajudas PDR 2020

Bom dia Engenheiro José Martino,
Sem querer causar muito incomodo e roubar lhe muito tempo, queria perguntar-lhe se a cultura de pistácio/pistacho é subsidiada pelo estado e em caso afirmativo se me pode indicar os valores mais ou menos inerentes a esta cultura. Já estive a pesquisar acerca desta cultura e confesso que fiquei bastante aliciado a entrar neste desafio.

Muito grato pela atenção. Um forte abraço.
Comentários:
1. A cultura do pistácio é apoiada com fundos públicos do PDR2020 para  apoio ao investimento na sua plantação, melhoramentos fundiários e máquinas equipamentos.
2. Os valores dos subsídios para os investimentos indicados em 1. variam entre os 30% e 50%.
3. Dado ser um assunto especializado, para obter um enquadramento adequado ao seu caso concreto, recomendo que marque uma reunião com a Eng. Sónia Moreira da Espaço Visual  (917 75852).

Produção de carne de bovinos de raças autóctones

Boa tarde.
Como li alguns conselhos seus queria tirar algumas dúvidas e também receber alguns conselhos.
Eu sou de uma família de produtores de carne desde muitas gerações. Primeiro de raça barrosã e depois de cruzados de carne. Continuo a ser produtor mas em pequena dimensão, tenho 8 vacas reprodutoras. Tenho cerca de 14 há próprios e alguma terra que posso usufruir grátis mas sem contratos de arrendamento ou cedência. Apenas oferecida para ser usada. Agora que estou desempregado queria realizar o meu sonho que é ser produtor a tempo inteiro. Que conselhos me dá?
Comentários:
1. Certamente que o conhece o negócio de produção de carne de bovinos de raças autóctones tão bem ou melhor que eu. No entanto, "arrisco" alguns conselhos, conforme me é pedido:    a) Elabore um plano de negócios sumário para a dimensão da atividade/número de vacas reprodutoras, que lhe permita viver dela (determine o investimento necessário, os custos de exploração, receitas obtidas, capital nec…

Estratégia política para desenvolver e fazer crescer as agriculturas de Portugal

Bom dia,

Leio o que escreve nos jornais porque faço o respetivo acompanhamento através do seu Facebook (https://www.facebook.com/JoseMartinoCEO/). Vejo que é critico do modelo actual de desenvolvimento da agricultura de Portugal. Do ponto de vista prático e objetivo como é que os políticos poderiam fazer melhor?

Obrigada.

Cumprimentos,

Comentários:
1. Fazer melhor: Fazer cumprir que os processos burocráticos tramitados pelo Ministério da Agricultura sejam feitos dentro dos prazos legais. Para tal, acompanhar ao nível dos gabinetes da equipa política do ministério, de forma diária, a evolução nas diversas bases de dados, cada um dos processos. Naqueles casos que manifestamente seja impossível cumprir o prazo legal de tramitação, legislar para o alargar, o qual será compatível com os passos a dar. Na fase seguinte, estudar os processos para os desburocratizar, redução do prazo temporal de tramitação, nunca pondo em causa o cumprimento do Estado de Direito.

2. Eficácia no orçamento do Mi…

Milho

Bom dia Sr. José Martino

A minha questão era a seguinte tenho 59 anos e cerca de 4 hectares de milho (Baixo Mondego). Tenho um filho com 27 anos que gostaria de se fixar  na agricultura o que nos aconselha a fazer?  Temos pouca capital próprio, mas gostaríamos de continuar na produção de milho, devo candidatar o meu filho a jovem agricultor? Ou haverá algo mais vantajoso para ambos? 
Obrigado
Comentários: 1. Conhece a rentabilidade da cultura do milho nos seus 4 hectares e certamente concordará comigo que com essa superfície na cultura do milho não gerará resultado financeiro para motivar o seu filho a viver exclusivamente da agricultura.
2. Como pretendem continuar na cultura do milho terão de encontrar mais parcelas agrícolas até perfazerem uma exploração com dimensão para gerar um rendimento do trabalho interessante e ao mesmo tempo rentabilizar os investimentos que sejam obrigados a realizar.
3. Em função das parcelas  devem identificar que investimentos são necessários fazer…