quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Naturalfa - Jornadas Técnicas de Agricultura Biológica

JORNADAS TÉCNICAS | AGRICULTURA BIOLÓGICA

De acordo com dados do Ministério da Agricultura, em termos globais a área de Agricultura Biológica já representa 5,5% da superfície agrícola utilizada, "situando-se um pouco acima da média europeia". As estimativas do sector, citadas pelo gabinete de Assunção Cristas, apontam para um volume de negócios que rondará os 20 a 22 milhões de euros, com taxas de crescimento de 20% ao ano. “in Publico, 07/10/2012”

Sentindo a dificuldade dos Produtores em Modo Biológico, no acesso a informação sobre fatores de Produção, métodos culturais e circuitos de Comercialização no que respeita a produtos biológico, a NATURALFA, decidiu organizar umas Jornadas Técnicas de Agricultura Biológica, que se realizará no Auditório da Lipor, em Ermesinde, no dia 4 de novembro (terça-feira).

Nestas Jornadas Técnicas participarão, Produtores, Distribuidores e Técnicos que trabalham com este Sector de atividade, e abordaremos temas desde a produção, à comercialização e consumo de produtos biológicos.

O objetivo destas Jornadas é a partilha de experiências,  Modo de Produção e contacto entre Produtores, de forma a que os participantes possam esclarecer e partilhar as suas preocupações e soluções para o futuro da Agricultura Biológica.

É também nossa intenção, que estas Jornadas tenham  um Cariz Social, como tal, o custo de inscrição nestas Jornadas, será em Géneros – Produtos Biológicos, que serão depois entregues à Associação dos Albergues Noturnos do Porto. A escolha de produtos a doar fica à consideração de cada participante, no entanto, no caso de produtos frescos ou a granel, sugerimos que comparticipe com a quantidade de 1kg.

Para mais informações, consulte o programa.

A inscrição é obrigatória. Poderá descarregar aqui a ficha de inscrição

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

Espaço Visual em destaque no JN

A consultora agrícola Espaço Visual (www.espaco-visual.pt) faz da paixão pela agricultura o seu estímulo para trabalhar em prol daqueles que querem fazer desta actividade um negócio de sucesso, que pode e deve contribuir para aumentar a auto estima dos portugueses, reforçar a nossa economia e criar o emprego que os nossos competentes, dedicados, empreendedores jovens merecem.
A equipa da Espaço Visual tem uma disponibilidade e dedicação permanente à causa da agricultura nacional. Por isso, merece(m) este destaque num dos jornais diários mais importantes do país!.


quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Curso formativo em Gestão Apícola


A consultora agrícola Espaço Visual (www.espaco-visual.pt) vai arrancar com um curso formativo em Apicultura (Gestão da Actividade Apícola), com início no dia 25 de Outubro (Sábado).As inscrições são limitadas a 8 participantes e os interessados devem entrar em contacto através do email: dep.comercial@espaco-visual.pt ou do telefone: 224509047.   
Com sessões agendadas para o sábado de manhã, entre as 9.30 e as 13.00 horas, este curso está organizado para realizar 1 sessão por mês, com conclusão em 9 de Maio de 2015, perfazendo 28 horas de formação. Destinado a empresários, gestores e potenciais investidores e interessados na produção apícola, este curso acompanha todo o ciclo produtivo.

Enquadramento
A apicultura é uma oportunidade de negócio muito atraente. No entanto, como qualquer negócio, se não for devidamente gerido e acompanhado pode levar a perdas elevadas, neste caso porque as abelhas são muito sensíveis a pragas e doenças. O Estágio Formativo em Apicultura é uma oportunidade de estar no terreno, contactando com a prática e com a experiência de um produtor. O participante tem a oportunidade de visualizar, praticar, registar e esclarecer as suas duvidas nesta atividade.

Objetivos
Contactar com as atividades de gestão e operacionais de uma exploração apícola.
Reconhecer os princípios da gestão e organização de uma exploração apícola.
Identificar os requisitos para a instalação e/ou manutenção de um apiário.
Efetuar operações de manutenção num apiário.
Realizar a extração do mel.
Observar a aplicação de boas práticas de higiene na extração e conservação do mel.

Conteúdos
A exploração apícola – conceitos básicos;
Equipamento para manuseamento das abelhas;
Gestão e organização da exploração;
Controlo de pragas e doenças;
Preparação da campanha de Outono/Inverno.
Verificação, correção e finalização dos desdobramentos;
Cresta do mel.
Manutenção de Inverno.
Preparação para o aumento do efetivo;
Desdobramento de colmeias e substituição de rainhas.
Manutenção de apiários;
Extração do mel.
Instalação de novos apiários: legislação, planeamento e intervenções.
Preparação de colmeias para a transumância;
Acompanhamento dos apiários.

Workshops são base do sucesso empresarial


A informação é a base de qualquer projecto empresarial agrícola sustentado. Com base nesta ideia, a consultora agrícola Espaço Visual tem vindo a organizar workshops e estágios formativos nas mais diversas áreas do negócio agrícola.
Preparar os jovens agricultores para as dificuldades com que se vão deparar ao longo da consolidação do seu negócio é o objectivo destas iniciativas. Como as imagens que aqui publico demonstram, são cada vez mais os interessados a aderir a estas iniciativas.
A Espaço Visual cumpre, assim, um serviço público que vai de encontro às necessidades da nossa agricultura. Quanto melhor preparado estiver o jovem empresário agrícola, mais sucesso vai ter, mais valor acrescentado vai conseguir aportar para o seu negócio, mais forte e competitiva fica a agricultura portuguesa.
Saber tomar a decisão certa, na altura certa; fazer a operação certa no momento certo - são premissas essenciais para potenciar um negócio, criar riqueza e emprego, e, assim, fortalecer a nossa economia e a dinâmica da agro-indústria.




segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

João Miranda (Frulact) convidado da Espaço Visual


João Miranda, presidente da Frulact, tem uma história empresarial de sucesso. Essa história chama-se Frulact, uma multinacional nortenha que trabalha no negócio da fruta. O nome é já uma referência nacional nesta área de actividade. Mas é também uma imagem de marca portuguesa que o nosso país exporta com sucesso para mercados internacionais muito competitivos.
A consultora agrícola Espaço Visual está a cumprir a sua missão quando decidiu organizar um Ciclo de Conferência subordinado ao tema "A experiência empresarial de...". O primeiro orador foi João Miranda, e a sua história de vida e de empresário prendeu a atenção de várias dezenas de pessoas que se deslocaram ao auditório da Espaço Visual, na zona industrial de Gondomar, para o ouvir.
Os convidados se seguirão, todos com o objectivo de demonstrar aos jovens empreendedores que não há impossíveis, há apenas competência, profissionalismo, capacidade de assumir riscos.
Foi isso que João Miranda explicou. O sucesso da Frulact pode ser o sucesso de muitos outros jovens empresários portugueses que queiram aprender, conhecer, informar-se, para fazer as coisas bem feitas.



quinta-feira, 9 de Outubro de 2014

Ciclo de conferências "A experiência empresarial de João Miranda"

Ciclo de conferências "A experiência empresarial de..."

A Espaço Visual vai organizar um Ciclo de Conferências intitulado "A experiência empresarial de …. ". O primeiro convidado é o Presidente do Conselho de Administração da Frulact, João Miranda. A conferência terá lugar a 17 de outubro próximo.
 
As conferências vão decorrer nas instalações da Espaço Visual (Av. Associação Comercial Industrial de Gondomar, 290, Gondomar) às 6.ª Feiras das 19h às 21h.
 
O objetivo é expor a experiência empresarial do conferencista desde o inicio da sua atividade até ao momento presente, tendo como matriz ajudar o público alvo a crescer nas suas competências empresariais. Haverá espaço para a conferência e para o debate com os participantes. O público alvo são jovens agricultores, potenciais jovens agricultores, todos aqueles que se interessam pelo mundo rural, agricultura, agroindústria e comercialização/valorização das produções agrícolas. O evento é aberto ao público, de participação gratuita, sujeito a inscrição prévia até 16 Outubro.

Workshop “Produção de Mirtilos”

Workshop “Produção de Mirtilos” 

Pretende-se com a realização deste evento, Workshop “Produção de Mirtilos”, abordar grande parte dos temas importantes que contribuem para sucesso financeiro deste negócio.
 
Cientes das dificuldades experimentadas pelos novos empresários/produtores a Bioberço e a Espaço Visual, organizam, com o apoio da kertropical este evento no dia 18 de outubro de 2014, das 08h45 às 13h15. Esta iniciativa tem como objetivo principal, a partilha da informação necessária, dando a conhecer as vantagens e desvantagens do negócio, como ajudar à tomada de decisão de potenciais empresários/produtores deste setor.
 
Estamos certos que no final cada um de nós se sentirá mais enriquecido e conhecedor do que deve fazer para transformar a sua agricultura num negócio muito rentável.
 
PROGRAMA
18 de Outubro de 2014
Instalações da Bioberço, Rua da Indústria, Ponte, Guimarães
 
08h45
Check In
09h00
A Experiência de uma jovem empresária agrícola
Fernanda Machado, Bioberço
10h00
As ajudas do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2014-2020 para investimento no mirtilo.
Dina Fernandes, Espaço Visual
11h00
Visita á plantação de mirtilos da Bioberço
Sande S. Clemente, Guimarães
12h30
Visita à plantação de mirtilos da Kertropical
Moreira de Cónegos, Guimarães
13h15
Fim do evento
Custo de inscrição 25 euros. Realizar a inscrição: http://www.espaco-visual.pt/novidades/229/workshop-producao-de-mirtilos/

Workshop "Flores de Corte - A Roseira"

A Espaço Visual (EV) em parceria com “1001 Flores” e “Lola’s Roses” organiza o workshop sobre “Flores de Corte - A Roseira”, o qual decorrerá no auditório da EV, no próximo dia 18 de Outubro, sábado.
 
Pretende-se com esta iniciativa, a divulgação de informação e aquisição de conhecimentos como ferramentas essenciais para um bom desempenho empresarial, quer os que nela querem entrar, bem como os que a ela chegaram recentemente, para atingirem o sucesso.
 
Programa
 
13h45
Check in
14h00
Roseiras - As perspetivas do negócio
Joaquim Azevedo - 1001 Flores
Filipe Silva - Lola’s Roses.
15h00
As ajudas do PDR 2020
Dina Fernandes - Espaço Visual
16h30
Visita “1001 Flores”
V. N. Famalicão
17h00
Visita “Lola’s Roses”
V. N. Famalicão
 

domingo, 5 de Outubro de 2014

Oferta de trabalhador agrícola

Nuno Moreira disse:
 
"Boa Tarde, O meu nome é Nuno Moreira, sou residente no concelho de Paredes, perto do Porto e desde já deixe-me felicitá-lo pela manutenção deste blogue de grande utilidade no mundo agrícola. Posto isto, a razão que me leva a escrever para o seu blogue é o seguinte: O Sr. conhece alguma exploração agrícola na minha área de residência ou próximo que esteja a necessitar de trabalhadores quer para colheitas ou, preferencialmente, para trabalhar a tempo inteiro na exploração. Tenho preferência por explorações de pequenos frutos, horticultura ou fruticultura. Caso tenha algum conhecimento sobre a questão acima colocada favor contactar para o e-mail: nuno23filipe@hotmail.com Grato pela atenção, Cumprimentos"
 
Comentários:
1 - Estou satisfeito dado que este blogue serve para a criação de emprego na agricultura.
 
2 - Peça uma entrevista na Espaço Visual com o objetivo de se avaliar as suas competências para a agricultura e assim, poder-se recomendar mais facilmente aos empresários agrícolas clientes da empresa (sonia.moreira@espaco-visual.pt)   

quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Pecuária


Ivo Martins disse:
 
"Eng. José Martino

Possuo 2 terrenos com cerca de 4000 m2 cada um que pretendo rentabilizar... pela pesquisa que fui fazendo apareceu- me a criação de frangos em modo biológico... qual a sua opinião? Estou mais inclinado para a aposta na pecuária caso os frangos em MPB não seja uma boa opção que outra criação aconselha?

Agradeço desde já todos os esclarecimentos"


Comentários:
1 - Se pretender instalar-se como jovem agricultor na atividade indicada terá que possuir uma exploração com a superfície de 2,5 hectares.

2 - Quem lhe irá valorizar os frangos produzidos em modo biológico?

3 - Na minha opinião deveria produzir leitões de porcos bízaros com a superfície mínima de 1 hectare de exploração 


Stevia


ola o meu nome é Filipe Sousa, antes de mais queria felicitar pelo excelente trabalho desenvolvido neste blogue.

 

A minha duvida baseia-se na rentabilidade do cultivo de stevia(erva doce) em Portugal.Para isso gostava que respondesse as seguintes perguntas:

 

1- Custo de instalação de plantação por hectare?

 

2- Quantidade produzida por hectare e preços de mercado?

 

3- Onde escoar o produto?

 

4- Quais as ajudas do proder?

 

e por ultimo como produzir stevia?

 

Ficaria grato por uma resposta.
 
 
Comentários:
1 - Se tivesse frequentado o workshop do passado sábado sobre PAM que a Espaço Visual organizou em parceria com o Cantinho das Aromáticas teria a possibilidade de colocar as questões ao Eng. Luis Alves animador do evento, um dos maiores experts portugueses nesta matéria e poderia esclarecer as suas dúvidas.
 
2 - Marque uma consulta com a eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (917 075 852) porque ela tem informações sobre esta cultura. 

quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Ajudas Instalação de Jovem Agricultor

No PDR 2020 além do prémio de instalação um jovem agricultor obtém ajudas ao investimento. A soma do valor do prémio com as ajudas ao investimento não pode ultrapassar 85% do investimento elegível.

Por exemplo um investimento de 100 000 euros que capte 60% de apoio ao investimento só obterá 25000 euros de prémio para não ultrapassar o limiar indicado no 1.ª parágrafo mesmo que o jovem tivesse direito a um prémio de valor superior.
Se para o mesmo investimento tivesse uma ajuda de 55% já captaria um prémio de 30 000 euros..

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Prémio de Instalação de Jovens Agricultores

Vitor Monteiro disse:
"Eng Martino; Tenho algumas duvidas: No PRODER, o prémio de primeira Instalação pode ser 30000 € para um Jovem Agricultor sozinho, ou de 40000 € para uma sociedade de Jovens Agricultores. E no PDR 2020 ... Satisfazendo todos os outros requisitos ... Um Jovem Agricultor sozinho pode atingir o tal prémio de Instalação máximo de 70000 €? Ou isso só é possível através de uma sociedade de Jovens Agricultores??? Cumprimentos"

Comentários:
1 - Caro eng. Vítor Monteiro: Agradeço o pedido de esclarecimento que teve a amabilidade de me colocar.

2 - Para responder de forma cabal às questões colocadas tem de se esperar pela publicação da legislação das ajudas do PDR 2020, bem como pelos guias de preenchimento dos formulários e demais esclarecimentos.

3 - Há um ponto chave a reter: para receber os 70 000 euros de prémio + ajudas ao investimento, esta soma não pode passar os 85% do valor do investimento elegível, ou seja se tiver 60% de apoio ao investimento tem que investir 280 000 euros para obter todo o prémio (70 000 euros).

Estágio Formativo em Kiwi


Designação:

Estágio Formativo em Kiwi

 

Enquadramento

A kiwicultura tem tido grande crescimento em Portugal e ainda apresenta um potencial muito interessante constituindo uma oportunidade de negócio de elevado valor. Trata-se de uma cultura que encontra em Portugal condições de carácter excecional e um de um fruto que tem grandes adeptos por toda a Europa em virtude do seu inigualável sabor.

O Estágio Formativo em Kiwicultura tem como objetivo colocar investidores ou potenciais investidores, empresários ou responsáveis de produção em contacto com todo o ciclo produtivo, numa lógica de aprendizagem participativa, agregando também saberes ao nível da gestão dos tempos e processos associados desde a instalação ao escoamento do produto, sempre sob o ponto de vista de quem possui toda a experiência.

Durante este estágio contaremos com a presença do Eng.º José Martino, como empresário, consultor e especialista na produção de Kiwi, acompanhando boa tarde do processo e da formação.

 

Objetivos

Contactar com as atividades de gestão e operacionais de uma exploração de kiwis.

Reconhecer os princípios da gestão e organização de uma exploração de kiwis.

Identificar os requisitos para a instalação, manutenção e controlo de uma exploração de kiwis.

Realizar a colheita do fruto, prevendo toda a logística e aplicando boas práticas de colheita.

Efetuar diferentes podas em diferentes períodos do ano.

Efetuar diversas operações de manutenção, controlo da cultura que garantem o sucesso.

 

 

Conteúdos

Estrutura Básica de uma exploração de kiwis (plantação, sist. Rega, infraestruturas de apoio, estrutura de mecanização, controlo PSA)

Colheita – metodologias e cuidados a ter com a colheita, logística e organização do cais de carga e equipamentos, e dimensionamento de estruturas de apoio e equipamentos.

Poda de inverno

Poda de formação

Constituintes da planta

Compassos de plantação

Determinação do potencial produtivo

Plantação

Destroçar lenha de poda/manutenção da entrelinha

Manutenção da linha

Análises do solo e programação da fertilização

Poda em verde

Monda química de frutos

Manutenção de sistema de rega

Monda de botões florais

Determinação do índice de abrolhamento

Poda de machos

Adubações Foliares

Aplicação de herbicidas

Monda de frutos (correção do número de frutos da planta)

Colheita de folhas para análise

 

 

Destinatários

Empresários, gestores ou potenciais investidores e interessados na área da produção de kiwi hayward e kiwi arguta..

 

Local e Datas

Início – 25 de Outubro de 2014

Fim – 27 de Junho de 2015

Sessões realizadas maioritariamente ao sábado de manhã (9:30-13:00), acompanhando todo o ciclo produtivo.

 

Duração

30 horas

 

Informações

Inscrições limitadas a 8 participantes.

Todos os interessados deverão entrar em contato através de

dep.comercial@espaco-visual.pt  ou +351 22 450 90 47

 

quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

Estágio Formativo em Gestão da Atividade Apícola


Designação:

Estágio Formativo em Gestão da Atividade Apícola

 

Enquadramento

A apicultura é uma oportunidade de negócio muito atraente. No entanto, como qualquer negócio, se não for devidamente gerido e acompanhado pode levar a perdas elevadas, neste caso porque as abelhas são muito sensíveis a pragas e doenças. O Estágio Formativo em Apicultura é uma oportunidade de estar no terreno, contactando com a prática e com a experiência de alguém com sucesso e reconhecido saber. Além de poder visualizar o participante tem a oportunidade de praticar, registar e esclarecer qualquer dúvida relacionada com o negócio.

 

Objetivos

Contactar com as atividades de gestão e operacionais de uma exploração apícola.

Reconhecer os princípios da gestão e organização de uma exploração apícola.

Identificar os requisitos para a instalação e/ou manutenção de um apiário.

Efetuar operações de manutenção num apiário.

Realizar a extração do mel.

Observar a aplicação de boas práticas de higiene na extração e conservação do mel.

 

Conteúdos

A exploração apícola – conceitos básicos;

Equipamento para manuseamento das abelhas;

Gestão e organização da exploração;

Controlo de pragas e doenças;

Preparação da campanha de Outono/Inverno.

Verificação, correção e finalização dos desdobramentos;

Cresta do mel.

Manutenção de Inverno.

Preparação para o aumento do efetivo;

Desdobramento de colmeias e substituição de rainhas.

Manutenção de apiários;

Extração do mel.

Instalação de novos apiários: legislação, planeamento e intervenções.

Preparação de colmeias para a transumância;

Acompanhamento dos apiários.

 

 

Destinatários

Empresários, gestores ou potenciais investidores e interessados na área da produção apícola.

 

Local e Datas

Foz do Sousa, Gondomar

Início – 25 de Outubro de 2014

Fim – 9 de Maio de 2015

Sessões realizadas ao sábado de manhã (9:30-13:00), 1 vez por mês acompanhando todo o ciclo produtivo.

 

Duração

28 horas

 

Informações

Inscrições limitadas a 8 participantes.

Todos os interessados deverão entrar em contato através de

dep.comercial@espaco-visual.pt  ou +351 22 450 90 47