Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2010

Kiwicoop

Presto a minha homenagem à Kiwicoop - Cooperativa Frutícola da Bairrada por ter sido o primeiro entreposto a fechar os preços de liquidação dos kiwis da campanha 2009/2010, atribuindo preços por categorias e calibres que na minha opinião são bons, assim como no nivel de quebras de kiwis que descontou aos kiwicultores (5+2,5%). Tenho expectativa que os outros entrepostos, se não fizerem melhor, que pelo menos sigam o exemplo desta grande cooperativa. Faço votos para que os outros entrepostos não venham a desiludir os kiwicultores

Tempos de Expectativa

Na qualidade de kiwicultor vivo tempos de expectativa até receber o fecho das contas dos meus kiwis nesta campanha de comercialização de 2009/2010. Fala-se que os preços ao produtor irão baixar significativamente, por outro lado as produtividades na colheita foram muito elevadas. Estou ansioso por perceber o que dará este balanço...

O papel da CGD

Imagem

Associação de Fornecedores da Distribuição Organizada

Todos os contactos que tenho desenvolvido com fornecedores de hortofrutícolas à distribuição organizada têm-me transmitido que os seus supermercados impõem condições comerciais praticamente condições leoninas com abuso de posição dominante. Para mim é óbvio que as largas margens comerciais que distribuição pratica não se traduzem na prestação de serviços que as frutas e legumes necessitam na placa de vendas.

A minha proposta é seja formada uma Associação de Fornecedores da Distribuição Organizada, tal como esta possui a "APED - Associação Portuguesa das empresas de Distribuição", tendo como objectivo fazer com que a distribuição seja mais eficiente na racionalização e gestão dos seus recursos humanos, bem como na gestão dos produtos na placa de vendas.

Oito meses no Ministério da Agricultura

Imagem

Governo ‘seca’ apoios ao olival

Reflexões sobre oito meses de consulado político do Ministro António Serrano

Trancrevo o artigo pblicado na Gazeta Rural n.º 135, cujotítulo é o do presente post:

Cumpriram-se no passado dia 26 de Junho de 2010, oito meses sobre a tomada de posse de António Serrano como Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas do XVIII Governo Constitucional.
Torna-se importante reflectir sobre a acção do Ministro António Serrano em prol do desenvolvimento da agricultura portuguesa, sobretudo se as expectativas criadas estão a corresponder à realidade.
Para elaborar este artigo estive a rever o que escrevi sobre o Actual Titular da Pasta da Agricultura e comecei por pesquisar no meu blogue (http://josemartino.blogspot.com) as palavras “António Serrano” e verifiquei que existem 25 posts. O primeiro escrito a 22 de Outubro de 2009, cujo título é “O Novo Ministro da Agricultura – Uma verdadeira surpresa!”, diz o seguinte:
“António Serrano é o novo Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e Pescas. Tal como previa trata-se de um “grande amigo” de Capoula…