Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

Maracujá

" Caro José Martino,
Pretendia avançar com um projeto agrícola de produção de maracujá roxo nos próximos tempos. Por isso pergunto-lhe se um terreno com cerca de 1ha no conselho de Coimbra é um bom local para ter essa produção, ou se a dimensão do terreno e o clima da região deixam a desejar. Pergunto também se a produção deverá ser feita em estufa (contornando assim o problema da localização), ou se uma produção em estufa não trás grandes benefícios para a produção do fruto em questão quando comparada com a produção ao ar livre. Quanto ao escoamento da produção, acha que será um problema? Conhece produtores na região de Coimbra, ou perto desta que possa indicar? Cumprimentos," Comentários: 1 - Na minha opinião os maracujás devem instalar-se junto à costa marítima, regiões sem geada, com temperaturas mínimas invernais que não sejam inferiores a 12.ºC. 2 - Para mim creio que a dimensão mínima da exploração deve ser 3 hectares. 3 - Coimbra salvo algum microclima existente não…

Tenho 45 anos. que apoios públicos ao investimento posso captar?

"Boa Noite Exmo sr. Engenheiro José Martino.
Venho por este meio pedir-lhe informações acerca de um hipotético projecto agrícola, que talvez pretenda implementar. Dados que penso serem importantes para a percepção do que desconheço e para compreensão da minha situação envolvente: - Sou um desempregado de longa data. - Qual os apoios e percentagens dos mesmos, no valor do custo total de projecto? - Pretendo, criar e comercializar uma alga. - Tenho 45 anos - Vivo com uma companheira, mas com IRS à separados. - O avô da minha companheira tem terrenos agrícolas no Ribatejo, tendo sempre sido agricultor. - É num dos terrenos do avô da minha companheira, que pretendia implementar o projecto. - Até que idade se é considerado jovem agricultor? - Os terrenos não estão no meu nome, como percebeu. - O que terei de efectuar para poder aceder a fundos comunitários para a criação deste projecto, visto não ser o dono dos terrenos, nunca ter desenvolvido uma actividade agrícola?"…

Floricultura

"Boa Tarde Eng. José Martino,

Após leitura a vários comentários no seu site, e agradecendo desde já a sua disponibilidade, venho pelo presente solicitar o seu comentário ao seguinte projecto. Temos em vista a aquisição de um terreno com aprox. 2 ha. no concelho de Braga, para a eventual implementação de um projecto de floricultura em estufa, aproveitando eventualmente alguma da área para colheita ao ar livre. Além dos apoios que sabemos existir, gostaríamos de saber, sem carácter vinculativo, qual a rentabilidade média anual deste tipo de exploração, de modo a poder avaliar a viabilidade do projecto. Agradeço novamente a sua disponibilidade. Melhores cumprimentos" Comentários: 1 -  Para poder avaliar a rentabilidade do projeto de floricultura aconselho-o a procurar empresas e cooperativas que comercializem as flores e avalie os preços de aquisição das flores e demais regras do caderno de encargos da sua qualidade, Deste modo pode ganhar sensibilidade para o que pode a…

Pistacho promovido em Castelo Branco e Beja

Imagem
|Espaço Visual realiza workshops a 4 e 5 de dezembro|
A consultora agrícola líder de mercado, Espaço Visual, vai organizar em 4 e 5 de dezembro dois workshops sobre o Pistacho, reconhecido como um negócio com futuro, em Proença-a-Nova (Castelo Branco) e Beja (programa e inscrições em www.espaco-visual.pt). Estas iniciativas acontecem depois da Espaço Visual ter realizado uma sessão de apresentação do Pistacho, na FIL, em Lisboa, durante a recente realização do Portugal Agro. A consultora tem também programada uma visita de estudo a explorações de Pistacho em Zamora, Espanha, onde esta cultura tem vindo a conhecer uma crescente adesão. O Pistacho possui um alto potencial de rentabilidade, facilidade de
escoamento e valorização. Recentemente, um reputado especialista espanhol
apontou a necessidade de plantar mais 120 000 hectares para suprir as
necessidades de consumo dos países da União Europeia.
A cultura do Pistacho tem especial aptidão para regiões com Invernos muito
frios…

Alteração de data

A Visita de Estudo a Espanha será realizada a 2 de Dezembro - e NÂO a 1 de Dezembro.
Toda a informação, assim como o programa, incluída no post anterior mantém-se!

Visita de estudo a Espanha promove negócio do Pistacho

Imagem
|Parceria Espaço Visual e Eurosemillas organiza evento a 1 de Dezembro| A consultora agrícola Espaço Visual (www.espaco-visual.pt) e a Eurosemillas (ww.eurosemillas.com), grupo líder em inovação vegetal, estabeleceram uma parceria para a realização de uma viagem de estudo à cultura do Pistacho em Espanha, a 1 de Dezembro (ver programa), um país onde esta cultura tem vindo a aumentar a produção (total de 10 000 hectares, ...mais de 25% que no ano passado).
O Pistacho possui um alto potencial de rentabilidade, facilidade de escoamento e valorização. Recentemente, um reputado especialista espanhol apontou a necessidade de plantar mais 120 000 hec para suprir as necessidades de consumo dos países da União Europeia.
A cultura do Pistacho tem especial aptidão para regiões com Invernos muito frios e Verões muito quentes, humidade relativa baixa na Primavera e Verão, o que corresponde ao perfil climático dos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja.…

Entrevista à revista "VIDA RURAL"

Imagem
Entrevista/Texto retirado do website da Vida Rural. Entrevista - José Martino “Há falta de competências de gestão na agricultura” Texto: Isabel Martins/ Fotos: David Oitavem -
13 Novembro, 2015
O movimento positivo que a agricultura portuguesa está a viver vai ser estrutural. Há empresários que, mesmo sem experiência, têm perfil para gerir negócios e esse é o ponto determinante para o sucesso nos agronegócios. Esta é a convicção de José Martino, consultor,bloggere mais recentementebusiness angelna área agrícola, que fala das oportunidades que a agricultura está a gerar e do que falta para tirar mais rentabilidade da atividade. Como é que olha esta ‘onda’ de novos investidores na área agrícola em áreas tão diversas? Preocupa-o a viabilidade futura destes novos projetos, ou acredita que é um movimento necessário para trazer inovação e modernização ao setor? Estamos a viver um momento na agricultura que é uma oportunidade. Uma oportunidade pela entrada de novos agentes e de novas competênci…

Conheça o negócio do Pistacho

Imagem
Pistacho: um negócio
com grande procura

|Consultora agrícola Espaço Visual organiza sessão de divulgação, sábado (21 Novembro) na FIL, em Lisboa, às 15 horas|
A consultora agrícola Espaço Visual, empresa líder de mercado, vai organizar no próximo dia 21 de novembro (sábado), pelas 15 horas, na FIL (Feira Internacional de Lisboa - Parque das Nações), no âmbito da "Portugal agro", uma sessão de divulgação da cultura do Pistacho....
Esta cultura constitui uma opção de investimento muito rentável, tendo em conta os baixos custos de instalação e de produção. Com grande adaptação em zonas mais interiores do território nacional, o Pistacho é um fruto pouco perecível e que começa a ter uma procura crescente por parte do mercado mundial.
O objetivo desta sessão pública sobre a cultura do Pistacho é contribuir para um maior conhecimento desta espécie com um grande potencial no nosso país.
Programa:
15h00
Temas:
Mercado Mundial do Pistacho
Pistacho - Modelo Técnico
O negócio do Pistach…

Bolsa de Terras em Santo Tirso

Quer cultivar terras abandonadas? Inscreva-se em invest@cm-stirso.PT - objetivos: criar rendimento, postos de trabalho e melhorar a qualidade ambiental - 4 explorações agrícolas serão atribuídas em 30 de novembro A Câmara Municipal de Santo Tirso tem em funcionamento recente uma Bolsa de Terras Municipais. Qual interessado em arrendar um terreno para cultivar e obter rendimento, deve inscrever-se através do email invest@cm-stirso.pt. Ver o Aviso da Câmara no seguinte link: http://www.cm-stirso.pt/uploads/writer_file/document/1580/Aviso_Abertura_da_Bolsa_de_Terras_de_Santo_Tirso.pdf  - aqui vai encontrar toda a informação de que necessita sobre a Bolsa de Terras. Neste Aviso camarário está especificado todo o procedimento de abertura da Bolsa de Terras: candidaturas, documentação necessária, período de inscrição e visitas aos terrenos. A 1ª Sessão Pública para a atribuição de 4 explorações agrícolas será no dia 30 de novembro. Esta Bolsa de Terras é uma ferramenta dirigida a todas os interessad…

EV Basto: Contatos

A Sessão de Apresentação da EV Basto, no próximo dia 7, sábado, pelas 14h00, no Água Hotels (Mondim de Basto), está a gerar um entusiasmo enorme.
Foi essa adesão que nos fez perceber que o email e telemóvel de contato que aqui deixamos para confirmarem a vossa presença estavam, lamentavelmente, incorretos.
Pelo facto pedimos desculpa e informamos que o email e telemóvel corretos são:
Mail: evbastodesenvolvimentorural@gmail.com
Telemóvel: 913801256

Sessão de Apresentação da EV Basto

Imagem
Sessão de Apresentação da EV Basto
Dia 7 Novembro, pelas 14 horas, no Água Hotels (Mondim de Basto) A luta contra a desertificação do interior do país é um dos objetivos da criação da EV Basto – Desenvolvimento Rural Lda.
Esta empresa pretende dinamizar a Região de Basto, abrangendo os concelhos de Mondim de Basto, Celorico de Basto, Cabeceiras de Basto, Ribeira de Pena, Fafe e Vieira do Minho....
A ambição da EV Basto é contribuir para o desenvolvimento rural da Região de Basto através de uma parceria efetiva e comprometida entre a Associação de Desenvolvimento Rural, Mútua de Seguros e Multi-serviços - Mútua de Basto/Norte e a Espaço Visual – Consultores de Engenharia Agronómica Lda, com sede em Gondomar, ambas com provas dadas nas áreas da agricultura e pecuária, bem como nas áreas florestal e turismo.
A união do conhecimento intrínseco e acumulado ao longo de muitos anos da Mútua de Basto/Norte com o conhecimento estratégico da Espaço Visual, fará da EV Basto – Desenvolvimento R…