Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Jovem Empresário Rural

Imagem
O jovem empresário rural é uma figura que deve obter reconhecimento formal. Defendo que também deve ser apoiado pelos fundos financeiros europeus não agrícolss. É um excelente instrumento defendido pela AJAP para combater a desertificação económca e social do mundo rural. Engloba certamente a produção de energia, turismo, artesaanato, oficios, etc.

Groselha

Imagem
O mercado da groselha apesar de pequeno, tem algum interesse para explorações/parcelas cuja colheita seja maturação e colheita sejam antes de 15 junho. Trata-se de uma cultura que precisa de frio de inverno para quebrar a dormência das plantas. Serão poucas as regiões que consigam cumprir as duas condições enunciadas: frio de inverno e precocidade de maturaçao/colheita. Esta cultura só deve ser implantada sob contrato de comercialização, pois caso contrário o produtor corre orisco de não a conseguir colocar no mercado. Mais informações contatar a Eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (917 075 852)

Sistema suporte kiwis

Imagem
Pormenor de sistema de conexão entre vigas de betão colocadas na horizontal sobre poste de betão na vertical

Enxertia Pinheiro

Imagem
Enxertia em pinheiro para evitar a fase juvenil e entrar em produção em período temporal mais curto. A escolha de bons clones para a produçao de pinhas é fator chave de sucesso nesta atividade

Pinhões

Imagem
A produção de pinhões é uma atividade muito interessante porque é muito rentável com baixo custo de investimento. Mais informações contatar eng. Sónia Moreira 917075852.

Enxerto kiwi arguta

Imagem

Enxertia em planta de kiwi

Imagem
Enxerto de kiwi realizado em final de inverno. Utiliza-se fita isoladora para apertar o garfo ao cavalo, assim como para isolar os cortes evitando as perdas de humidade

Kiwi arguta com rede de proteção

Imagem
Plantação de kiwis arguta no sistema de condução "pérgola" ou "ramada"

Mirtilo ou pistácio

"Queria antes demais agradecer-lhe pelas excelentes dicas do seu blog, e por nos manter a todos informados sobre varios assuntos.
Sou proprietario de um terreno de cerca de 3,5 hetares na zona de Vilar de Besteiros (Tondela), com possibilidade de crescimento e com água disponivel.O investimento mais "facil" seria partir para os eucaliptos, mas goataria de avaliar a possibilidade nesta zona de outras culturas com sucesso.
Tenho uma especial curiosidade/estudo sobre os mirtilos e pistacheiros, mas para os primeiros o solo nao me parece o mais adequado, e para os segundos penso que ja pode existir falar de horas de frio.
Resumindo, para esta faixa do pais, qual a cultura mais interessante á partida?
Quais os passos a seguir para ter uma vossa avaliação do terreno?
Como estão os projetos e respetivos apoios? Existe algo para o eucalipto?"
Comentários: 1 -  O mirtilo parece-me do ponto de vista macro uma excelente oportunidade para essa região de Viseu (aí as …

Apostar nos Pequenos Frutos

Imagem
EV BASTO ORGANIZA VISITAS A EXPLORAÇÕES DE PEQUENOS FRUTOS
Dia 18 de junho em Guimarães e Moreira de Cónegos
A empresa de Desenvolvimento Rural EV Basto, sediada em Cabeceiras de Basto, vai organizar uma visita de estudo a explorações de pequenos frutos, em Guimarães, e à Bfruit, uma organização de produtores sediada em Moreira de Cónegos. A esta iniciativa, que se realiza no próximo dia 18 de junho, é dirigida a jovens agricultores e empresários agrícolas com interesses nas áreas da cultura da framboesa, mirtilos e groselha. As inscrições terminam no dia 16 de junho, próxima 5ª feira, e podem ser feitas através do email geral@evbasto.pt ou do tel. 913801256. As exportações de pequenos frutos têm vindo a ter um crescimento significativo, assente na qualidade do produto "made in" Portugal e também porque o seu consumo se traduz em efeitos positivos na saúde. "Todas as iniciativas que têm a preocupação de levar os jovens agricultores e empresários agrícolas a visitar exempl…

Conferência "Pesca, Aquacultura, Transformação e Conservação do Pescado"

A Fileira Alimentar do Mar é uma fileira fundamental para o desenvolvimento da economia do mar e do país. Portugal é um dos países com maior diversidade de espécies de elevada qualidade e com maior experiência na preparação do pescado. Os benefícios económicos e sociais que estas indústrias têm gerado para o país são elevados, sendo necessário continuar a valorizar e desenvolver esta fileira. Neste contexto, no âmbito do Curso de Especialização – Gestão e Valor na Fileira Alimentar do Mar, no dia 25 de junho, será realizada, na Figueira da Foz (Palácio Sottomayor- R. Joaquim Sotto Mayor, nº 75 | 3080-209 Figueira da Foz) a conferência “Pesca, Aquacultura, Transformação e Conservação do Pescado”. Agenda: 15h00 – Boas Vindas Manuel Castelo Branco – Presidente Coimbra Business School – ISCAC 15h10 – Abertura Secretário de Estado das Pescas – José Apolinário (a confirmar) Presidente da Câmara da Figueira da Foz – João Ataíde 15h30 – Pesca, Aquacultura, Transformação e Conservação do Pescado Oradores…

Movimento civico "Mais Portugal 2020 para a Agricultura"

É preciso colocar mais 300 M€ de orçamento nacional para apoio ao investimento na agricultura, negociando com a União Europeia para este valor não conte como défice excessivo, para apoiar os jovens que querem investir na agricutltura e impedir atrasos substanciais nos pagamentos. 
Se estiver de acordo assine a petição http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT81393
Texto da Petição:
Mais Portugal 2020 para a AgriculturaPara: Presidente da República Portuguesa Exmo. Senhor Presidente da República
Prof. Dr. Marcelo Rebelo de Sousa

Considerando que V. Ex.ª é um homem de causas.
Considerando que recentemente esteve em Berlim, com a Chanceler Merkel, para apelar à não aplicação de sanções a Portugal por procedimento por défice excessivo.
Considerando que V. Exª é a voz mais autorizada e mais influente deste País.
Considerando que toda e qualquer ação em defesa de Portugal, dos portugueses, da sua economia e da sua qualidade de vida terá em si um defensor intransigente.
Venho na qualidade de empre…

Nova abordagem para uma nova agricultura

Texto no meu facebook sobre a minha intervenção no Encontro de Quadros do Novo Banco do passado dia 7 de junho (https://www.facebook.com/jose.martino.900?fref=ts):

Na Escola Superior Agrária de Santarém tive o privilégio de falar às equipas de gestores de negócio do Novo Banco, onde expus as minhas ideias, o meu conhecimento e experiência sobre os melhores negócios da agricultura, os que serão mais rentáveis e competitivos. 
Ser convidado por uma importante instituição bancária para falar aos seus quadros e gestores sobre o negócio agrícola é um prazer, um desafio e um risco.
Prazer – Há mais de 10 anos que intervenho no espaço público sobre questões ligadas à agricultura. Escrevi e escrevo em jornais de dimensão nacional, de referência e especializados em economia, assim como em revista sobre agricultura. Apesar de muitos me terem aconselhado a menor exposição – ser empresário neste país obriga sempre a cuidados redobrados -, sempre pensei pela minha cabeça e continuo a defende que a pa…

Reclamação ao PDR

"Engº Martino, 
Deixo aqui a minha mensagem de reclamação ao PDR de forma a tentar partilhar a revolta que sinto: 
"Submeti uma candidatura há 1 ano, e continuo sem qualquer expectativa que esta venha a ser analisada dentro de um prazo razoável. Gostaria que me explicassem melhor o circuito de decisão de candidaturas, tal como publicado no vosso site onde informam que deveria ser emitido um parecer em 45 dias. Onde está esse parecer? 
O meu projeto foi planeado (e respetiva candidatura submetida), baseada na informação por vós publicada, e que não está a ser cumprida. Constituí uma empresa como exigido, aluguei um terreno para alocar ao meu projeto, do qual pago renda, pago contabilista, bem como todos os custos que me são legalmente exigidos para manter a empresa ativa, situação essa que decorre há mais de um ano, na expectativa que vocês cumpram a lei e analisem o projecto dentro dos prazos legalmente exigidos."
Comentários: 1 . O Sistema de ajudas públicas do PDR 2020 est…

Engenharia agronómica é boa opção?

"Boa noite Eng. José Martino.

Desde já gostaria de referir que costumo acompanhar o seu blog, pelo que gostaria de o felicitar pelo excelente serviço que tem prestado à população com interesse na área da agricultura e afins.
O meu nome é ... e sou licenciado em Enfermagem e portanto Enfermeiro, mas desde há uns tempos para cá que estou tentado a mudar de área de profissional.
Apesar de ter pouco ou nenhum conhecimento na área, a área da agronomia sempre despertou o meu interesse, pelo que estou bastante tentado a ingressar no curso de Licenciatura em Ciências da Engenharia - Perfil de Engenharia Agronómica, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
O que gostaria de lhe pedir era a sua opinião acerca de do panorama actual do mercado de trabalho, essencialmente no norte (sou do Porto), na área da Engenharia Agronómica. Existem boas perspectivas de emprego na área? Tem noção se a taxa de desemprego é elevada? As empresas que contratam Engenheiros Agrónomos o…

porque é que sempre que se fala em agricultores e em apoios referem-se quase exclusivamente a Jovens Agricultores?

Levanto uma questão: porque é que sempre que se fala em agricultores e em apoios referem-se quase exclusivamente a Jovens Agricultores. Admiro e admito que se devam incentivar sobretudo os jovens, agricultores ou não. Mas não há apoios para Novos Agricultores? Sou um jovem de 48 anos, novo na agricultura, e quero trocar a vida de empresário pela de agricultor. Bem hajam!
Comentários: 1 - Falam-se mais nos apoios públicos à instalação de jovens agricultores porque são mais generosos: mais 10 % de subsídio a fundo perdido no apoio ao investimento, ao qual acresce um prémio de 1:ª instalação (varia entre 15 000 e 31 250 euros). Além disso, na minha opinião, há maior probabilidade de um jovem captar apoio ao investimento face a outro proponente "não jovem" porque para estes últimos há maior procura face ao orçamento disponivel.
2 - Há apoios para os não jovens agricultores:35% a 50% do investimento elegivel como incentivo não reembolsável.
3 - Pode fazer uma sociedade por quotas com…