O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Intervenção José Martino, CEO da Espaço Visual, no lançamento da conferência "O novo quadro comunitário e as ajudas públicas para a agricultura portuguesa"


Cumprimento e agradeço ao Sr. Diretor Geral do Gabinete de Planeamento, Politicas e Administração Geral, Sr. Eng.  Eduardo Diniz, ter aceite convite para a conferência "O novo quadro comunitário e as ajudas públicas para a agricultura portuguesa" e dizer-lhe que nós Espaço Visual nos sentimos muito honrados com a sua presença e dinamização deste evento. É uma forma simples de ajudar a comemorar os 25 anos de uma organização que tem contribuído para o desenvolvimento e progresso dos agricultores, dos empresários agrícolas e agroindústriais, bem como do associativismo e organização das fileiras.

Quero cumprimentar a Dra. Diretora Geral da Espaço Visual, Sra. Eng.  Dina Fernandes, e na sua pessoa todo sos dirigentes e todas as equipas da Espaço Visual, os quais representam organização no seu momento atual de mudança geracional de 25 anos, uma marca que vive por si, para lá da sua liderança na minha pessoa, uma afirmação da mudança nos paradigmas das agriculturas de Portugal que a Espaço Visual quer acompanhar e liderar.

Cumprimento o Sr. Eng. Carlos Duarte, um amigo de longa data que tem estado disponível ao longo dos anos para ajudar a Espaço Visual.

Cumprimento os amigos, parceiros, empresários utilizadores dos serviços da Espaço Visual, interessados nestes temas das agriculturas e demais pessoas aqui presentes.

Iniciam-se hoje as comemorações dos 25 anos da Espaço Visual através de um conjunto de eventos de interesse público, que visam promover e melhorar os empresários agrícolas e as suas organizações.

Pretendo dar nota das principais linhas da história de 25 anos da Espaço Visual, de start up e empresa familiar de um free lancer, visionário, ambicioso, trabalhador incansável da promoção e desenvolvimento da fileira do kiwi, dos kiwicultores e das suas organizações, seja das diversas organização de produtores, seja da APK, à fileira dos pequenos frutos, das atividades agrícolas e agroindustriais em geral até á promoção da cultura do pistácio e dos frutos secos, uma marca na consultoria agrícola e rural em Portugal. 

Da organização de um homem só, a uma equipa restrita de pioneiros na equipa inicial que nele acreditaram e trabalharam de forma empenhada, noite e dia, para prestar bons serviços aos agricultores, até uma organização independente, autónoma, que funciona para lá do trabalho isolado de cadfa um dos seus membros. 

Da empresa do norte a uma organização nacional, de Gondomar a Beja, destes locais à próxima aposta no desenvolvimento agrícola de Trás os Montes e das Beiras. 

Dos projetos, sua implementação e pedidos de pagamento, a uma vasta gama de produtos e serviços: licenciamentos, avaliação de propriedades, seguros agrícolas, prestação de serviços de contabilidade e gestão, um amplo pacote de ações de formação profissional, presencial e à distância. Continuo orgulhoso da Espaço Visual,  EV, "escola de vida", entram colaboradores ficam melhores cidadãos, melhores profissionais, mais ajustados ao mercado de trabalho, massa crítica da sociedade e das agriculturas de Portugal.
.
Quero fazer uma referência especial em público à 1.ª diretora geral da Espaço Visual, Eng. Fernanda Machado que contribuiu para o crescimento e desenvolvimento desta empresa, das equipas e da minha pessoa.

Quero dar nota pública do trabalho incansável da Atual Diretora Geral Eng. Dina Fernandes e da sua equipa dirigente, Dr. Ricardo Gonçalves, Eng. Sónia Moreira e Dr. Tiago Martino com o objetivo de tornar a empresa melhor gerida, mais moderna, mais eficaz em prestar melhores serviços  aos seus clientes. Aqui fica o meu reconhecimento público da sua liderança operacional e da sua lealdade em prol dos superiores interesses da organização.  

Fica também o meu reconhecimento público do trabalho árduo de cada um os colaboradores da Espaço Visual. O meu muito obrigado!

Quanto ao futuro, a Espaço visual irá estar na linha da frente na resposta aos novos desafios dos empresários agrícolas e das suas organizações: gestão mais eficaz, digitalização das atividades e agricultura de precisão, melhores e maiores competências profissionais, verticalização das atividades, respostas às alterações climáticas, acesso à terra, incremento da dimensão das atividades, mudança da estrutura fundiária, concentração da dimensão das atividades, etc. etc.

Lançando a conferência do Sr. Eng. Eduardo Diniz iremos certamente perceber o estado da arte da negociação do novo quadro comunitário de ajudas para agricultura, o estado atual das agriculturas de Portugal e  teremos certamente no debate de poder contribuir com as nossas ideias e sugestões para tornar mais eficaz o próximo pacote de ajudas europeias às agriculturas de Portugal.

Muito obrigado

Sem comentários: