O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Coisas que nunca deverão mudar em Portugal

Merece reflexão este post que publiquei em 2010:

O embaixador britânico em Portugal, Alex Ellis, antes de deixar o posto, publica no jornal Expresso do Sábado 18 de Dezembro de 2010, um artigo com o titulo deste post. Não resisti a escrever sobre o assunto porque me identifico com o descrito: começa por recorrer a "Os Maias" de Eça de Queiróz, o livro que mais admiro, para descrever a atitude dos portugueses sobre o nosso próprio país e de seguida enumera "dez coisas" boas que Portugal possui e que "espera", espero que nunca mudem em Portugal.
A n.º 8 é a mais fantástica, vou descrevê-la: "Mulheres. O Adido de Defesa da Embaixada há 15 anos deu-me um conselho:"Jovem, se quiser uma coisa para ser mesmo bem feita neste país, dê a tarefa a uma mulher".Concordei tanto que me casei com uma portuguesa". Se tenho algum sucesso na minha vida deve-se à minha mulher, irmãs, cunhadas e às minhas colaboradoras na Espaço Visual, na LIPOR, APK, etc. Sempre acreditei e assumi que as mulheres portuguesas estão melhor preparadas para enfrentar e resolver de forma pragmática os problemas que se nos deparam.

Comentários:
1. Tenho grande admiração pelos "Os Maias" de Eça de Queiroz porque descrevem muito bem a sociedade portuguesa há quase cento cinquenta anos, nos seus tiques e limitações, as quais ainda continuam actuais, Para mim esta descrição escrita serve para termos consciência das nossas limitações como portugueses  e fazermos tudo o que esteja ao nosso alcance para as ultrapassarmos. Na minha opinião o ex-embaixador britânico enquadra-se no perfil de português culto. 
 

2. Acredito na regra n.º 8 enunciada pelo ex-embaixador britânico porque passados todos estes anos continuo a verificar que as mulheres são as responsáveis neste país, concluírem com sucesso processos complexos e de difícil execução.


3. Acredito que nos próximos anos as mulheres irão liderar Portugal e que o país irá ser diferente e mais desenvolvido porque as mulheres têm perfil psicológico e de actuação estratégica em linha com os desafios da sociedade de hoje. 

Sem comentários: