O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quarta-feira, 1 de março de 2017

Espargos

Boa Tarde
Tenho apreciado o seu trabalho, pelo qual tenho de lhe dar os parabéns.

Gostaria que me ajudasse a obter informação sobre a cultura de espargos, quer verdes ou brancos. É uma cultura que me interessa bastante e talvez vá realizar um possível projeto, para tal gostava de aprender mais sobre a cultura e a nível da economia da cultura. 
Sou de Tras-os-Montes e aqui não existe nenhuma exploração desta cultura.

Aguardo resposta
Cumprimentos.

Comentários:
1. A cultura dos espargos é muito interessante se tiver operador comercial que os valorize, pois caso contrário corre o risco de produzir e ter que os deitar fora.

2. Não há tradição de consumo de espargos em Portugal, pelo que a sua valorização está na exportação.

3. Os espargos mais valorizados são os brancos, os quais exigem solos constituidos com predominio da areia na sua composição.

4. Para saber mais pormenores e informações marque uma consulta com a Eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (917 075 852). 

Sem comentários: