O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quinta-feira, 22 de março de 2018

Cooperativa ou associação?

Viva, boa tarde, José,

Pode informar-me que diferenças existem entre cooperativa e associação e na sua opinião qual das duas é mais adequada para constituir uma organização de produtores de physalis?

Obrigado.

Cumprimentos,

Comentários:
1. A associação existe para defesa dos interesses sócio profissionais, neste caso, dos produtores de physalis, ou seja, tudo aquilo que tenha a ver com problemas e limitações que sejam comuns à maioria dos produtores, que havendo uma organização própria desses produtores onde podem ser estudadas, trabalhadas e encontradas soluções. A associação não tem atividade económica no sentido de comprar e vender os mesmos produtos ou serviços sobre os quais assenta a atividade comum dos seus associados.
As associações têm também por objeto a função de representação perante os poderes públicos e a sociedade, determinado setor de atividade.
  
2. A cooperativa é uma associação autónoma de pessoas, que se unem, voluntariamente, para satisfazer necessidades e aspirações económicas, sociais e culturais comuns, através de uma empresa de propriedade conjunta e democraticamente controlada (definição da Aliança Cooperativa Internacional) ou seja, é uma “empresa” exerce atividade económica, compra e vende os produtos ou serviços desenvolvidos pelos seus associados.

3. Conforme as definições de 1. e 2. a organização de produtores para a physalis deve ter o regime jurídico / legal de cooperativa.

4. Verifico que nas agriculturas de Portugal há associações a fazerem trabalho de cooperativas e vice-versa. Na minha perspetiva, se houvesse maior e melhor ordenamento jurídico ajudaria à melhoria dos resultados para todos, agricultores e suas organizações.

Sem comentários: