O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


terça-feira, 6 de março de 2018

Necessito do apoio dos leitores para fazer de Portugal um país económico e socialmente desenvolvido

Boa tarde,

Este é um mail de apoio de acordo com o seu artigo no último Vida Económica.

Costumo seguir todos os seus artigos no referido jornal e estou de acordo. 

Não sou agricultora mas se puder ajudar, diga.

Cumprimentos,

Comentários:
1. Agradeço o apoio manifestado formalmente no texto acima, porque é preciso construir um movimento na opinião pública que obrigue os responsáveis políticos a fazer cumprir os prazos legais de tramitação de todos os processos burocráticos que correm no Ministério da Agricultura.

2. Ouço alguns dos meus amigos que me dizem ser irrealista e inocente eu defender o que está inscrito em 1. Apesar da realidade até ao dia de hoje lhes dar razão, não deixo de trabalhar, acreditar e fazer o que está ao meu alcance para que as práticas do Estado Português se alterem: se todos os prazos processuais forem cumpridos pelo Estado, Portugal seria um país desenvolvido. Não deixo de lutar em cada dia da minha vida para que Portugal seja um país económico e socialmente melhor.

3. O processo de cumprimento de prazos de tramitação de todos os processos burocráticos por parte do Estado deve começar por um levantamento, pela análise dos estrangulamentos, pelo alargamento dos prazos temporais onde tal seja necessário, porque não existem meios humanos e materiais para os cumprir, depois, na fase seguinte, criar condições para os cumprir, encurtando-os logo que existam condições para o efeito. Para o utente, para o cidadão, é preferível um prazo longo que se cumpra religiosamente face a um prazo curto que é aleatório no seu cumprimento, o empresário não pode programar os seus investimentos e respetivos compromissos. 

4. O indicado em 3. se fosse cumprido faria gerar mais iniciativa empreendedora e na minha opinião faria subir o PIB pelo menos mais 1%.   

Sem comentários: