O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


domingo, 29 de novembro de 2015

Maracujá

"
Caro José Martino,
Pretendia avançar com um projeto agrícola de produção de maracujá roxo nos próximos tempos. Por isso pergunto-lhe se um terreno com cerca de 1ha no conselho de Coimbra é um bom local para ter essa produção, ou se a dimensão do terreno e o clima da região deixam a desejar. Pergunto também se a produção deverá ser feita em estufa (contornando assim o problema da localização), ou se uma produção em estufa não trás grandes benefícios para a produção do fruto em questão quando comparada com a produção ao ar livre. Quanto ao escoamento da produção, acha que será um problema? Conhece produtores na região de Coimbra, ou perto desta que possa indicar? Cumprimentos,"
 
Comentários:
1 - Na minha opinião os maracujás devem instalar-se junto à costa marítima, regiões sem geada, com temperaturas mínimas invernais que não sejam inferiores a 12.ºC.
 
2 - Para mim creio que a dimensão mínima da exploração deve ser 3 hectares.
 
3 - Coimbra salvo algum microclima existente não me parece uma boa região para a cultura do maracujá.
 
4 - As estufas não me parecem resolver o problema da geada e dos frios invernais.
 
5 - O primeiro passo que deve dar é encontrar empresa ou cooperativa que lhe comercialize os maracujás.

Sem comentários: