O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Tenho um milhão de dúvidas, mas tenho de começar por algum lado e este blog já me ajudou imenso,

Nuno Figueiredo disse:
"Boa tarde,
Antes de mais peço desculpa pela insistência, mas gostava mesmo de ter algum feedback da sua parte, visto que tenho lido todo o seu blog com atenção e ajuda que dá é inestimável.
Repetindo o que já tinha dito num email anterior:
Estou a pensar seriamente em começar um negócio relacionado com a produção e comercialização de produtos agrícolas, nomeadamente a produção de mirtilos e/ou framboesas, devido ao facto de ser na zona do Minho e me terem dito que era uma zona propícia.
Antes de mais devo dizer que sou praticamente um ignorante no que à agricultura diz respeito. Sempre tive fascínio pela plantação de alguns frutos (os meus avós tinham limoeiros, macieiras, nespereiras, morangos,etc mas sempre apenas para consumo) e sempre foi um "sonho" meu poder ter uma pequena "quinta" onde pudesse dar expressão a este gosto. Claro que isto no "mundo real" não é só querer e ao pensar em algo do género teria que ser sustentável, nomeadamente através da comercialização dos produtos.
Para não me alongar muito mais, as minhas principais dúvidas são:
- Que tipo de culturas e/ou frutos são mais aconselhados para esta zona?
- Em termos de investimento, há algum tipo de apoios a que possa concorrer (tenho 29 anos, e estou de momento empregado noutro ramo que nada tem a ver com este)
- Onde posso buscar mais informação sobre como iniciar um projecto destes? Nas camaras municipais? Nas associações agrícolas da zona?
Tenho um milhão de dúvidas, mas tenho de começar por algum lado e este blog já me ajudou imenso, gostaria de saber se tem disponibilidade para responder a estas e eventualmente a mais 3 ou 4 questões de seguimento às respostas que possa dar.
Agradeço desde já o contributo que tem dado para o sector e para informar pessoas que, como eu, estão a começar.
Caso não tenha disponibilidade para responder, agradecia o contacto de alguém dentro da Espaço Visual que pudesse contactar para mais esclarecimentos.
Melhores cumprimentos,"

Comentários:
1 - Não é possível responder às centenas de e-mails e comentários que me colocam os leitores deste blogue até porque a maioria deles não reúnem as condições para obterem resposta porque não indicam endereço de e-mail e número de telemóvel do interessado.

3 - Sempre que possível respondo através  deste blogue porque uma mesma resposta serve milhares de outros interessados nos temas da agricultura.

4 - Creio que as questões colocadas podem ter resposta em muitos posts deste blogue. No Minho pode cultivar kiwis, mirtilos, maracujás, groselhas, etc. depende da localização concreta do seu terreno, do seu microclima, dos seus solos, etc.

5 - O ponto chave sobre a atividade que deve abraçar e investir deve ter por base a sua vocação pessoal e o seu perfil concreto como empreendedor, pois na agricultura só custam realmente os primeiros dez anos.

6 - Pode usufruir das ajudas para 1.ª instalação como jovem agricultor. Para saber de todos estes pormenores sobre ajudas e atividades marque uma consulta com a Eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (917 075 852).

7 - A sustentabilidade dos projetos advém do perfil do empreendedor e tiver oportunidade para obter os capitais mínimos necessários para fazer face às necessidades financeiras do investimento (elegíveis e não elegíveis) e custos de exploração até equilibrar a tesouraria com as produções da exploração (capital do próprio ou família + crédito bancário + apoios públicos do PDR 2020 + sócios/business angels).

8 - Pessoalmente gosto da cultura do mirtilo. Na realidade pode ser muito interessante a cultura da framboesa se tiver perfil para "comandar tropas" na colheita deste fruto. A comercialização destes frutos pode ser assegurada pela Bfruit caso seja um produtor que faz os investimentos bem estruturados do ponto de vista técnico e de gestão, é organizado, disciplinado, que faz a operação certa na hora certa.

Sem comentários: