O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


domingo, 4 de setembro de 2016

Mirtilos

Caro Eng.º José Martino,


Numa pequena pesquisa que fiz na internet acerca de exploração de mirtilos, encontrei o seu Blogue, que me pareceu bastante interessante, de maneira que tomei a liberdade, e desculpe-me a ousadia, de lhe enviar este e-mail!


Sou Eng.º Civil, atualmente desempregado, e tenciono avançar com uma exploração de mirtilos, contudo, e como a minha "praia" é outra, tenho muitas dúvidas que, desde já agradeço a sua disponibilidade para o esclarecimento de algumas:
- A curto prazo tenciono avançar com a exploração de cerca de 2500 m2, na medida em que tenho já água em abundância para a rega das plantas, sendo que é minha ideia, do que já pude ler, proceder à plantação em vaso, por ser mais vantajoso, contudo no terreno em causa tenho outras árvores, entre elas algumas oliveiras, macieira, pessegueiro, cerejeira, dióspiro, tangerineira, laranjeira e romã! Questões:

  1. Existe algum inconveniente de ter a plantação no mesmo terreno, desde que compatibilizados os espaços?
  2. Uma vez que tenho estas plantas no terreno, deverei igualmente usar a tela, no caso de optar pela plantação em vaso ou pode abdicar-se da mesma?
  3. Para a área em causa, poderei candidatar-me a algum apoio?
  4. Pode informar-me onde poderei obter uma formação na área e em que datas (a curto prazo)?
  5. A zona onde tenciono avançar com este desafio é o conselho de Seia! Existe(m) alguma(s) espécie(s), das inúmeras existentes, que se adeqúe(m) melhor ao inverno rigoroso desta zona?
  6. No estudo que fiz para averiguar o número de plantas que conseguiria colocar no terreno, usei linhas afastadas a 2 metros, sendo o afastamento entre plantas (em vaso) de 1,30 m! Acha estas distâncias corretas? O número a que cheguei, tendo em conta as outras árvores existentes, foi de cerca de 600! Este número já poderá ter uma rentabilidade aceitável?
Desde já grato pela atenção disponibilizada,


Com os melhores cumprimentos,





Comentários:
1 - Não aconselho que faça fruticultura moderna em consociação porque a fertilização, necessidades hidricas, etc. são muito específicas para cada espécie e muito difilmente sem especialização irá rentabilizar os seus investimentos.
2 - Deve procurar fazer parcelas estremes de cada espécie frutícola.
3 - Recomendo a cultura do mirtilo em vaso para superfícies de exploração iguais ou superiores a 1 hectare pela necessidade de um sistema de controlo de pH e electrocondutividade automáticos.
4 - Para saber dos apoios e da formação que pode fazer marque uma consulta com a eng. Sónia Moreira da Espaço Visual (917075852).
5 -  Recomendo o compasso de 0,75 a 1,0 m na linha de acordo com o vigor da variedade de mirtilos e 3,0 m de distância na entrelinha para mecanizar o controlo de infestantes, tratamentos fitosanitários, colheita, tratamento da lenha da poda.

Sem comentários: