O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Pistácio

Boa noite Eng. José Martino,

Tenho acompanhado o seu blog e despertou-me um interesse particular a cultura de frutos secos, nomeadamente o pistácio na zona do Sabugal.

Gostaria de iniciar uma plantação inicial para 2 ou 3 hectares no entanto tenho uma série de duvidas que espero que me possa ajudar.

1. Nesta zona não tenho conhecimento de qualquer árvore de pistácio, pelo que não tenho a certeza que possa vir a ter sucesso com a plantação.

2. Sei que existem várias espécies de árvores, qual é que será a mais adequada para esta região?

3. Existe algum tipo de subsidio para a plantação?

4. Existem entidades de acompanhamento durante as fases de evolução do produto?


Fico a aguardar as suas respostas...

Com os melhores cumprimentos,

Comentários:
1. O concelho de Sabugal do ponto de vista climático em geral, tem aptidão para a cultura do pistácio. No entanto, deve ser analisado caso a caso, terreno a terreno tendo em conta eventuais microclimas, exposição solar, inclinação do terreno, etc.

2. Os solos devem ser muito bem drenados.

3. As variedades devem ser escolhidas por proposta de um especialista tendo em conta as características do seu terreno.

4. Existem apoios públicos ao investimento que podem variar em função de ser jovem agricultor (18 a 40 anos de idade) ou não, em média conte com subsídio de 40% do investimento elegível.

5. A consultora Espaço Visual pode ajudá-lo (contacte a Eng. Sónia Moreira 917 075 852).    

Sem comentários: