Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

Organizaçoes de Produtores

A importancia dos Organizaçoes de Produtores (OP) é de tal forma indiscultivel que todos nós os que somos sensiveis ao interesse público e aos temas das agriculturas de Portugal sentimos a obrigaçao de contribuir para fazer avançar no terreno novas OP's e incrementar a dimensao das existentes.

As Op's concentram a produçao, criam economias de escala para a comercializaçao, defendem os agricultores  porque criam acessos aos mercados para os seus produtos.

Nos próximos tempos este será um tema em que irei trabalhar e dar publicamente a notoriedade que merece e necessita. A seu tempo darei notícias

Estágios Formativos na Agricultura

Estou feliz porque terminou no passado sábado o estágio de apicultura e encerra no dia de hoje o de pequenos frutos, estágios formativos organizados pela Espaço Visual, mas sobretudo o que me dá maior satisfação é saber que se concretizaram os objetivos que nortearam a sua implementação, colocar os jovens agricultores em contato direto com as atividades agrícolas podendo executar as principais operações culturais, bem como dar-lhes a oportunidade de terem disponivel, ao longo do ano que durou o estágio, um empresário agricola experiente para esclarecer todo o tipo de dúvidas. Estou consciente que este choque com a prática e experiência do terreno, o enfrentar a chuva e o sol porque foi necessário fazer as operações culturais na melhor oportunidade técnica, determinou jovens e menos jovens melhor formados para enfrentar o empreendedorismo e terem sucesso na agricultura.

Quem estiver interessado em aderir a estágios na agricultura  deve contatar o eng. Daniel Portelo da Espaço Visual (d…

Melhoria da Produtividade em Portugal

Porque será que a maioria dos portugueses não consegue cumprir horários, prazos de execução de trabalhos, fazer intervenções em eventos dentro do tempo atribuido pela organização e fazer com aue as reuniões decorram dentro do tempo previsto (a maioria das reuniões são proporcionais ao tempo disponivel)?
Este conjunto de preocupações está na minha cabeça porque pretendo encontrar um conjunto de propostas e ações, sem custos orçamentais, que se forem implementadas transformarão a economia portuguesa.
Portugal atravessa nesta altura e irá ser cada vez mais acutilante, a crise que na minha opinião, além de um ajustamento de modelo económico, o qual assenta na baixa produtividade do trabalho, resultará numa mudança permanente de hábitos de consumo da maioria dos portugueses. Muitas vezes, despendemos uma tarde para fazer uma reunião que se poderia fazer em meia hora se os documentos de suporte ao encontro fossem enviados previamente, outras vezes participamos em encontros que no …

Mirtilos (11)

Rui Castanhola disse:

"Boa tarde Sr. Engenheiro.
Estive a ler este post e a situação descrita pelo Sr. José Carlos é semelhante á minha na medida em que só me poderei dedicar em part time.
Conclui em Novembro de 2011 uma plantação de mirtilo com num terreno com aproximadamente 3500m2 onde tenho 775 plantas (metade são Duke e a outra Bluecrop).
Na altura que fiz a minha plantação não era possível me candidatar a qualquer financiamento da PRODER visto que a plantação tinha menos de um hectare e está localizada numa zona que não é considerada desfavorecida (Avelãs de Cima – Anadia).
Após a leitura do seu 8º ponto a minha questão é se ainda me posso candidatar a algum tipo de apoio para a minha exploração, pois tenho intenção de fazer uma cobertura da exploração com rede anti granizo, para deste modo evitar situações desagradáveis como as que se verificam com alguns produtores de vinho no Douro.
Cumprimentos"

Comentários:

1 - Pode candidatar os investimentos que nece…

Plantas Aromáticas e Medicinais (2)

Complemento com mais informação o post "Plantas Aromáticas e Medicinais (1)":

- O investimento para cada hectare com a plantação e demais estruturas de apoio na secagem situa-se entre os 100 000 e os 120 000 euros. A este valor acresce IVA recuperável, por isso não elegivel

- Fundo de maneio necessário:
- 30% do valor total do investimento para garantir que é executado em tempo útil (1 ano) porque é necessário pagar primeiro e posteriormente recebe-se a ajuda do ProDeR (60%).
- valor do IVA recuperável, imobilizado durante 1 a 1,5 anos. Devem ser estudados os casos em que é possivel que o "IVA seja pago pelo adquirente", neste caso, o proponente não necessita de o orçamentar.
- parte do montante do IVA é necessário ser utilizado nos dois primeiros anos até equilibrio da tesouraria da exploração agrícola

Plantas Aromáticas e Medicinais (1)

José Cabrita disse:

"Antes de mais boa tarde.
Estou a enviar este email na tentativa de que me ajude a dissolver
algumas dúvidas que tenho em relação ao PRODER.
Sou um jovem de 22 anos que reside no baixo alentejo e frequento uma
licenciatura em Gestão de Empresas. Há algum tempo para cá foi se
desenvolvendo em mim uma vontade de fazer algo empreendedor e que
tenha alguma hipótese de dar certo. Analisei muito por alto as
hipóteses e encontrei um "nicho" que achei muito interessante e que
pelo que me disseram apresentava alguma rentabilidade. Este nicho
seria a produção de plantas aromáticas e medicinais. Pelo que fui
encontrando na Internet e por uma reportagem que vi num programa de
televisão fiquei com a sensação de ser algo bastante interessante e,
melhor ainda, não necessita-se uma grande área de exploração. Por isso
aqui vai a minha 1ª QUESTÃO: Será isto mesmo verdade de ser um dos
tipos de produção que melhor rentabilidade dá e que apenas se precisa
de alguns hectar…

Olivicultura

Vitor M. Pereira disse:
"Boa tarde,

Exmo. Sr. José Martino,

Cá estou mais uma vez, e nunca é demais felicitar este serviço público, o qual visualizo semanalmente.

Tendo em linha de conta os meus post já colocas, refiro-me à agricultura em Trás-os-Montes.
De facto tem razão e que é necessária uma linha de crédito bonificada e menos rígida para se poder obter o sucesso, pois as condições por vezes não favorecem.
Mas passo a passo lá se vai caminhando devagar…

A questão que lhe quero colocar na qual já tenho “mais ou menos” o projecto idealizado (embora ainda não fiz o devido estudo no terreno), é sobre a variedade da Oliveira Cobrançosa (produção em modo biológico). Estou neste momento a pensar em avançar na compra de um terreno com cerca 8 ha, em que grande parte do mesmo já se encontra instalado com oliveiras da variedade Cobrançosa (cerca de 2000).
Pelo que já verifiquei este tipo de variedade produz um azeite de elevada qualidade.

Gosta de saber a opinião do Sr. Engº r…

Estratégia para se instalar um horticultor de sucesso

Pedro Pontes disse:

"Sou um potencial agricultor.Tenho cerca de 1h para trabalhar. Estou na beira alta interior norte. Será que a horticultura é uma boa aposta, para quem precisa de viver disto a tempo inteiro? Ultrapassei os 40 por isso já não da para JEA."Comentários: 
1 -  O leitor Pedro Pontes ambiciona tornar-se agricultor a tempo inteiro e pergunta-me se com a horticultura pode sustentar-se e presumo que a família, com o rendimento de 1 ha de terra nessa. À primeira vista parece-me que a resposta definitiva deva ser dada pelo próprio Pedro Pontes depois de fazer o seguinte exercício: a) Fazer contatos comerciais para definir a quem irá vender os seus hortícolas. Verificar se pode vender nos mercados e feiras na região ou no litoral, se na região existe algum operador comercial grossista honesto que valorize os seus produtos quer no mercado nacional quer na exportação. b) Defina o tipo, quantidade e valor de cada hortícola que tem mercado ao seu alcance c) Deve  avali…

Linha de crédito CGD para apoio à tesouraria dos jovens agricultores

Imagem
Está em mudança acelerada o meio agrícola que era demasiado fechado, em que os  poucos  agricultores mais novos eram na sua maioria filhos dos agricultores mais velhos, porque neste momento estão-se a instalar um elevado número de jovens agricultores, à média mensal de 200 jovens, 2400 por ano e creio que o número duplicará em 2013 se mantiverem as ajudas à instalação de jovens agricultores até final desse ano. Este fenómeno está a criar ruturas, a mudar o status quo e a atrair para a agricultura pessoas doutros quadrantes com novas ideias e filosofias. Estamos a viver o inicio de uma revolução agrícola e rural, a qual será efetiva se não houver falhas orçamentais nas ajudas para instalar os jovens agricultores. O que é necessário acautelar para garantir uma taxa de sucesso elevado na atividade dos jovens agricultores?Na minha opinião, o acesso a financiamento bancário com custos e prazos compativeis com a actividade agrícola a desenvolver, que sejam pagos por ela.  Os apoios público…

Viticultura ou hidroponia?

Filipe Ferreira disse:

"Boa Tarde
Sr Eng. José Martino

Começo por dar os meus parabéns pelo blogue fantastico
A minha situação e a seguinte:
Em breve vou ser mais um jovem do nosso país a fazer parte do lote de jovens sem emprego, e sou de uma familia que sempre viveu da agricultura.
Ai pensei e por que não continuar eu mesmo.
Sou da zona de Santarem e o meu avô tem uma exploração a base de vinha com cerca de 15 hectares e como sempre fui criado neste meio e tambem algo que eu adoro,decid apostar na agricultura, ate porque penso que vai ser algo rentável e com futuro no nosso pais...

As minhas questões eram as seguintes:
1º A minha ideia era continuar com a exploração vinicula, mas tambem pensei em apostar na hidroponia visto ter um terreno com cerca de 2 hectares com agua.
2º O que preciso de fazer para me candidatar ao PRODER e se e possivel, se tenho que ter alguma formação especifica na área
3º Acha que e possivel e pode ser rentavel juntar estes dois negocios, vinicula …

Kiwi ou pequenos frutos. O que fazer se os capitais são escassos?

Imagem
Álvaro Oliveira disse:"Sou proprietario de um terreno com 3 ha em Sangalhos,concelho de Anadia que está abandonado.Outrora foi uma quinta de bons vinhos, mas há perto de 3 anos a vinha foi arrancada por ter sido muito maltratada por uma empresa vinicola muito conhecida no país, a quem esteve arrendada durante 10 anos.Era do meu pai que entretanto faleceu por doença súbita quando se procedia ao arranque.
Gostaria de rentabilizar esse terreno que tem um poço artesiano mesmo no centro, pois faz um pequeno vale.Tenho lido no seu blog sobre algumas culturas como o Kiwi e os pequenos frutos vermelhos.Quanto ao kiwi tenho "á porta" a Kiwicoop e muitas plantações por perto.Quanto ao mirtilo,por exemplo,a zona mais próxima de cultura é a de Sever do Vouga mais montanhosa..Se quanto ao kiwi não devo ter duvidas da possibilidade de cultura(nesse terreno há um pequeno espaço com alguns pés que o meu falecido pai plantou),já quanto aos pequenos frutos vermelhos não sei s…

ACÇÃO DE DIVULGAÇÃO

Imagem
Esta ação sobre GlobalG.A.P. tem muito interesse para os produtores de pequenos frutos que necessitam exportar as suas produções. A certificação em  GlobalG.A.P. é condição indispensável para acesso ao mercado internacional. É muito importante colocar os investimentos indispensáveis para obter a certificação no projeto ProDeR de jovem agricultor, quer para os investimentos corpóreos, quer para a assessoria à sua implementação. Participe!


ACÇÃO DE DIVULGAÇÃO REFERENCIAL DE CERTIFICAÇÃO GLOBALG.A.P.
No próximo dia 27 de Julho (6ª feira), pelas 14h00, em Guimarães, terá lugar uma Acção de Divulgação sobre o referencial de certificação GlobalG.A.P., organizado em parceria com o COTHN – Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional e a NATURALFA – Controlo e Certificação, Lda.

Este evento é dirigido a todos os operadores agrícolas que estejam a ser certificados ou pretendam obter a certificação do referencial GlobalG.A.P. e tem como objetivo dar a conhecer o referencial e o…

Mirtilos (10)

Anónimo disse:
"Oi José Martinho. Gostava de saber se me tornar-se num produtor de mirtilos, teria onde os vender na minha região, (vale do sousa)? Quais os pontos de escoamento do mirtilo nos arredores do vale do sousa-Paredes?
Comentários:
1 - Não gosto de responder a perguntas de pessoas não identificadas porque acho que cada um de nós deve assumir as suas responsabilidades e deve ter coragem para dar a cara e enfrentar a sociedade.

2 - Um produtor de mirtilos da região do Vale do Sousa pode vendê-los para fresco no mercado local, acho que a médio prazo irá ser um dos mercado mais interessantes ou exportá-los (há neste blog um post com indicação de empresas exportadoras). também pode optar pela produção para o mercado de indústria (mirtilos congelados)

Floricultura

Imagem
Marina disse:"Muito obrigado
Aconselha os cravos porque têm saída (li que praticamente toda a produção é exportada) ou porque é a realidade que mais conhece?
Tentei recolher mais alguma informação junto da Associação de Floricultores de Portugal, mas o srº presidente disse que só disponibilizam informação aos sócios!"Comentários:1 - Aconselho os cravos como uma hipótese de produção de flores com aptidão na região interior de Portugal. Para as produções permanentes em estufa é uma das que necessita de investimentos mais baixos e tem potencial quer para exportação, quer para o mercado nacional.2 - A minha sugestão é que se torne sócia da Associação dos Floricultores de Portugal e assim tenha acesso da informação e formação que disponibilizam.

Acha que macieiras e mirtilos podem ser um bom investimento

Imagem
Ol leitor Mário disse:
"Ola S.Eng. Jose Martino antes de mais muitos parabens pelo blog.
Eu sou um jovem de tras os montes e estou a pensar fazer uma candidatura no proder, acha que ainda irei a tempo?
Quanto ao projeto queria saber se pode ser dividido e duas partes, uma fazer um pomar de macieiras e por outro lado apostar nos pequenos frutos como e o caso do mirtilo e da framboesa e estes produzir metade em estufa e a outra metade ao ar livre. Acha que pode ser um bom investimento?
obrigado pela disponobilidade."

Comentários:

1 - Penso que vai a tempo para se instalar na agricultura, estatuto de jovem agricultor, com as ajudas do ProDeR porque a ministra da Agricultura anunciou recentemente que iria reforçar o orçamento da ação do ProDeR que instala jovens agricultores (1.1.3). Pela minha parte pode contar que irei empenhar-me para que esta acção funcione até ao fim do ProDeR, 31 dezembro de 2013.


2 - O projeto que pretende fazer parece-me coerente do ponto de vista té…

visita a plantações de mirtilos e framboesas instalados em 2012

Estou a organizar uma visita a plantações de mirtilos e framboesas instalados em 2012, a qual decorrerá em Guimarães, na 2.ª quinzena do próximo mês de Setembro (anunciei neste blog que seria a 19 e 20 de julho, mas infelizmente não a consegui concretizar dentro do objetivo temporal que tinha definido).

Darei bnste blog novas notícias sobre este tema quando as parcerias estiverem concretizadas e o programa fechado

Visita a Campo de Mirtilos - Segóvia, Espanha

Visita a Campo de Mirtilos - Segóvia, Espanha Com o objetivo de se conhecerem no campo as principais variedades de mirtilo, o seu comportamento e a respetiva caraterização, a Espaço Visual organiza, deslocação em autocarro, no próximo dia 10 de julho a Segóvia, Espanha ao campo experimental de variedades e viveiro da Planasa. A oportunidade de observar em loco os frutos nas plantas imediatamente antes da colheita, é anual daí a escolha desta data específica. O programa tem a seguinte cronologia:
5h00 Saída da Rotunda do Freixo
13h00 Almoço na região de Segóvia
15h00 Visita a campo experimental de variedades e viveiro da Planasa
17h30 Fim da visita
24h00 Chegada ao Freixo
O preço da deslocação é de 45 euros (IVA incluído), incluído o custo de transporte e da visita.
(não estão incluídas as refeições)

Se estiver interessado em participar a confirmação deverá ser enviada por email para daniela.oliveira@espaco-visual.pt, até ao dia 8 de Julho. Para mais informações por favor contacte: 917 65…

Qual a maneira de realizar um projeto agrícola sustentável e rentável?

Imagem
Benjamim Soares disse:
"Boa tarde Sr. Eng. José Martino,

Antes de mais gostaria de o felicitar pelo blog , onde encontrei informação de forma explicita que procurava e estava difícil de encontrar.

Eu como muitos jovens fiquei recentemente desempregado, com o panorama geral encontra-se difícil de encontrar um trabalho. Então comecei a pensar num negocio e o que gostaria de fazer para ocupar o meu tempo e realizar o meu sustento.
Foi entao que comecei a pensar na agricultura, como tenho na familia um pequeno produtor de amoras (primeiro ano de cultivo) e outro com um sistema de hidroponia para consumo próprio. Foi um passo até pensar na ideia que tenho em mente ainda numa fase muito embrionária e com pouca informação ainda recolhida, por isso decidi escrever-lhe para ver se me pode ajudar de maneira que possa recolher mais informação e apoios para poder realizar um projecto sustentável e rentável para mim.

A ideia referida consiste em encontrar um terreno agrícola com cerca e 3 hectar…

Castanha do Litoral (Minho e Douro Litoral)

Paulo Moreira disse:


"Sr. Eng. José Martino,

Começo por dar os meus parabéns pelo seu excelente blogue, um óptimo meio para motivar os nossos jovens para a agricultura, uma actividade que creio poder ser o futuro de muitos portugueses, nomeadamente aqueles que não querem sair do nosso país.

Há cerca de 10 anos, aproveitando a disponibilidade de tempo do meu pai, na altura recém reformado e com um gosto enorme pela agricultura, abdicamos de metade de uma plantação de eucaliptos, numa propriedade com cerca de 3 ha em Lever, aqui bem perto da sua Foz do Sousa, para plantar castanheiros. Na altura a ideia era cortar um pouco a má imagem dos eucaliptos, nomeadamente na frente de estrada. Posteriormente, o meu pai começou a se interessar pelos castanheiros, lendo alguns livros sobre a espécie, apostando em aprender tudo o que pudesse sobre a sua enxertia. Aqui na freguesia existiam, na altura, 3 ou 4 castanheiros muito antigos que, sem qualquer tipo de tratamento, produziam…

A distância ao mercado das regiões interiores de Portugal será limitante na produção agrícola?

Marina disse:"

Bom dia Srº Eng.
Tive a falar com um engenheiro projectista , o qual me referiu que a implementação da floricultura no interior é difícil devido à dificuldade de escoamento das flores no interior uma vez que é no litoral que se concentram os maiores negócios nesta área. Gostaria de saber a sua opinião e como considera que esta questão poderia ser minimizada.
Uma outra questão que lhe gostaria de colocar prende-se com o cultivo de frutos vermelhos (cultura que me foi aconselhada, especialmente as framboesas), parece-me que está na moda este tipo de culturas mas, no futuro está área não atingirá a saturação com tanta gente que se está a dedicar a este tipo de cultura de momento? À semelhança do que aconteceu com outras culturas como por exemplo as cerejas. Conheço pessoas que de uns anos para cá têm cada vez mais dificuldade em escoar as cerejas coisa que não acontecia a alguns anos atrás."

Comentários:

1 - A produção de flores deve ter como destino …

Sociedade por quotas para instalação de jovem agricultor

Maria disse:

"Boa tarde se forem duas pessoas , uma de 45 e outra de 20 poderão ter acesso ao proder? Se Sim como podem fazer ? A formação será obrigatorio para as duas pessoas ? Ou não ?"

Comentários:

1 - O acesso às ajudas para instalação de um jovem agricultor, alguém com mais de 18 anos e menos de 40 anos, pode fazer-se através de uma sociedade por quotas em que o jovem detenha a maioria do capital (51% ou mais) e seja gerente.


2 - Tendo atenção o que escrevi em 1), para o exemplo que a Maria indicou a pessoa com 20 anos pode-se instalar como jovem agricultor através de uma sociedade por quotas entre essas duas pessoas indicadas porque tem enquadramento nas ajudas previstas pelo ProDeR para instalação de jovens agricultores  (a pessoa com 20 anos é gerente e detém 51% de capital da empresa).


3 - A formação profissional decorrente da instalação do jovem agricultor é obrigatória para o jovem, a pessoa com 20 anos.