O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


segunda-feira, 21 de abril de 2014

Reconversão de vinhas

Vítor disse…

Bom dia, sr.  Eng José Martino. Antes de mais, gostaria de dar-lhe os parabéns pelo blog. Sou filho de uma viticultora que há cerca de 3 anos recorreu ao programa VITIS para reestruturação de cerca de 5 ha de vinha. Gostaria de saber se é possível  fazer uma candidatura jovem agricultor em meu nome em sociedade com a minha mãe (eu tenho 27 anos, ela tem 59) para um projeto de mais 5 ou 6 ha de vinha (já não temos mais direitos para a reestruturação), de forma a ampliar a produção? Será também possível incluir neste projeto equipamento agrícola, nomeadamente um tractor  de 50 a 60 cv (o que possuímos tem mais de 35 anos) com escarificador, atomizador um intercepas e uma pré-podadora ( incluiria estes dois últimos itens pois na aldeia onde se encontra a exploração - Trás-Os-Montes- não há ninguém que possua estes equipamentos o que permitiria rentabilizar o tractor e as alfaias ao efectuar trabalhos para outras explorações, pois há muita vinha. Acha que seria viável e quais as ajudas em PRODER/NOVO PDR?

Resposta:

As vinhas são elegíveis no VITIS e não no ProDer. Com 10 há pode instalar-se como jovem agricultor, tendo o projecto de investimento na mecanização de ser avaliado (ser for um valor elevado, pode não ser rentável). O tractor não pode prestar trabalhos para outros.

Sem comentários: