O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


quinta-feira, 1 de março de 2012

O grande MUU! Não seja perfeito, seja notável!

Já li e reli  um livro cujo título é "O grande MUU! Não seja perfeito, seja notável!", escrito por um grupo de 33 especialistas mundiais de gestão coordenados por Seth Godin.

Recomendo aos meus leitores, sobretudo aos jovens agricultores, a leitura deste documento porque contém um conjunto vasto de uma espécie de crónicas ou artigos com dicas sobretudo como atuar e se posicionar no mundo dos negócios.

"Ser notável não depende de si. Ser notável depende do consumidor. Se este decidir algo que você faz é digno de nota, então é notável, por definição". É isto que todos procuramos nos negócios da agricultura, que o consumidor nos torne notáveis.

O penúltimo artigo do livro denominado "Estar pronto ou não! Em defesa da sua própria preparação." para mim é lapidar sobre a ultrapassagem de uma grande limitação da sociedade portuguesa, temos ideias mas não as tentamos concretizar. Este é um dos pontos que Eça de Queiroz descreveu bem na sociedade portuguesa do século XIX, aspeto este que se mantém atual e que é urgente desatualizá-lo. Transcrevo a 1.ª  parte:

"Está preparado? Está pronto para o mergulho? Para fazer uma coisa original é notável? O filósofo e poeta alemão Goethe forneceu-nos a sabedoria  de que necessitamos:
 "Seja o que for que possa fazer ou sonhar, comece. A ousadia  contèm em si génio, magia e poder. Comece já".
«Espera aí», responde você a Goethe, ainda que ele lhe tenha dito duas vezes para começar.«Não estou pronto»."   

Sem comentários: