O autor deste blogue reserva-se o direito de publicar e responder aos e-mails e comentários que lhe são enviados (critérios: disponibilidade de tempo e interesse para os leitores). Os e-mails e comentários a merecer resposta devem obedecer à seguinte condição: o seu autor deve estar devidamente identificado com endereço e-mail e número de telemóvel.


sexta-feira, 27 de março de 2015

Tenho competência: não deveria ter ajudas ao investimento de 100%?

"Boa noite,
Vou lhe explicar o porque do meu projeto, este projeto vem no seguimento de Nós, um casal estar fora de Portugal a tentar governar a sua vida, tentando ser o mais feliz possível fora do seu seio familiar.
Eu percebi o que me disse o que eu gostaria que me explicasse, se fosse possível, é porque é que o projeto tem um financiamento de 55.000€ a 3.000.000€, e quando um casal se quer dedicar de corpo e alma ao seu projeto, projeto feito e desenvolvido em base de estudos feitos e de experiencia própria, não existe possibilidade de ser aprovado a 100€% visto que existe viabilidade de a empresa faturar mais de 40% de lucro ao Ano(o que é bastante raro numa empresa em Portugal tenha lucros assim), fazendo a economia crescer, podendo criar mais postos de trabalho, investir num sector de carência, valorizar o nosso país e mostrar a toda a gente que um casal que se encontrava no estrangeiro, voltou para Portugal para fazer a sua vida, o seu projeto de Vida na sua terra, incentivar os jovens com visão que é possível ter se um bom negocio e acima de tudo um negocio que lhes vai proporcionar uma vida no seu País e não precisa de se deslocar para o estrangeiro para a ter, o que é um fator muito importante a ter.

Muito obrigado pela atenção dispensada,".


Comentários:
1 - O sistema que existe no PDR 2020 é um conjunto de ajudas financeiras, entre elas ao investimento na agricultura e não um financiamento integral de todas as necessidades de dinheiro até equilibrar a tesouraria do seu negócio agrícola.

2 - O empreendedorismo pressupõe capitais próprios do investidor pelo menos 15% das necessidades totais de dinheiro, investimento e custos de exploração, custos elegíveis e não elegíveis.

3 - Recomendo que apresente o seu plano de negócios a empresas de capital de risco ou business angels para obter os capitais que lhe faltam para financiar o investimento porque com a rentabilidade indicada, o seu perfil de competências profissionais, gestão de equipas, gestão de projetos, etc. certamente não faltarão investidores dispostos a repartir o risco.

4 - Vá à luta! Não desista! Prove que é capaz de dar à volta às dificuldades!  

Sem comentários: